Destaque San Pedro do Atacama

Atacama – Piedras Rojas e Lagunas Altiplânicas

atacama deserto
Escrito por Antonio JR

Atacama Deserto – Piedras Rojas e Lagunas Altiplânicas

Um dia colorido no norte do Chile! Em algumas paisagens, tom sobre tom em azul, já em outras, contrastes multicoloridos que nos enchem os olhos.

Primeira parada: Piedras Rojas

Comecei o dia visitando Piedras Rojas. No “gostódromo” Retrip pode considerar Piedras Rojas como o Top 3 do Atacama – Não deixe esse local de fora quando você for montar seu roteiro, ok?

atacama deserto

Piedras Rojas – Atacama deserto

O frio estava de lascar quando o pessoal da Ayllu me pegou no hotel. Estava ventando demais já nos 4000m de altitude quando passamos por um mirante onde avistamos a Laguna Tuyaitu. É um lugar lindo, mas piorou um pouco mais quando chegamos aos 4300m já em Piedras Rojas. Isso deixou a sensação térmica ainda mais crítica! Mas como estava bem agasalhado (e sugiro: faça o mesmo!) foi mais tranquilo me proteger do frio e do vento e ainda conseguir fotografar a paisagem.

Atacama Deserto

Atacama Deserto

atacama deserto

Atacama deserto

Piedras Rojas é maravilhoso e simplifica o trabalho daqueles que desejam fazer cliques sensacionais. Eu não era o único maravilhado com o local, todos ficaram comovidos em pisar nesse local de beleza única.

atacama deserto

Vários ângulos interessantes – Atacama deserto

atacama deserto

Piedras Rojas – Deserto Atacama

Circulei por vários locais para fotografar. Os flamingos não quiseram se aproximar e não consegui fotografá-los nessa manhã. Apenas um detalhe para quem transitou, igual a um louco, por cima das pedras de cor vermelha, procurando ângulos interessantes para dar o contraste ideal entre o vermelho das pedras e o azul do céu, além do verde do lago com o marrom do terreno.

DICA RETRIP: Tome cuidado para não ficar subindo e descendo rapidamente as pedras de lá. Como o local está a 4300m você pode sentir a altitude e até se desequilibrar. Precaução é sempre o melhor remédio.

Transbordei de felicidade com o que vi e fiquei na expectativa da chegada do café da manhã que seria servido pelo pessoal da Ayllu, agência com que fechei parceria para meus passeios no Atacama.

A Ayllu Expediciones é uma empresa especializada em atender brasileiros. Tudo é feito com muito carinho por todos os colaboradores que nos acompanham na estadia pelo Atacama. Empresa séria e que preza pela qualidade dos serviços prestados além de dar comodidade ao cliente que a contrata. Recomendadíssimos!

atacama deserto

Pontos estratégicos – Atacama deserto

 

 

Voltando ao café da manhã em Piedras Rojas: Tudo impecável e com muitas opções! Como dizemos aqui em Minas Gerais, eu sou um “bom de garfo” e me deliciei com cada café ou almoço servidos por eles.

Atacama Deserto

Preparção do super café da manhã – Atacama Deserto

Eles encontraram um lugar com menos vento para servir-nos. Ficamos ali contemplando a paisagem e saboreando um delicioso café matutino. Sabe aquelas coisas que ficam guardadas na memória pra sempre? Então, bem isso!

Com o fim da contemplação do lugar e fim da ostentação do café da manhã, saímos de Piedras Rojas em direção às Lagunas Altiplânicas.

Lagunas Altiplânicas

Segundo momento “cores”. Nesse caso tom sobre tom de azul (céu e lagoas) e contrastes com o amarelo da vegetação que só cresce nessas altitudes.

atacama-deserto-06

atacama deserto

Laguna Miscanti – Atacama deserto

As Lagunas Altiplânicas ficam a cerca de 110 quilômetros de San Pedro e muitos optam por fazer esse passeio sozinho, pois acreditam ser menos cansativo. Optei por passeio duplo, juntamente com Piedras Rojas. Quanto a me cansar, achei bem tranquilo.

Atacama Deserto

Moradores – Atacama Deserto

Essas lagunas ficam dentro de uma reserva chamada Reserva Nacional Los Flamengos e possui taxa de entrada: 5.000 pesos chilenos.

Atacama Deserto

Placa Indicativa – Atacama Deserto

O frio já não incomodava tanto quanto antes e o primeiro momento foi passar pela imponente Laguna Miscante, a maior do local com 15km2. A imensidão do lugar impressiona pois o conjunto lagoas/montanhas dão a grande dimensão do lugar. As fotos não retratam o que é de fato.

atacama deserto

Casinha de apoio – Laguna Miscanti – Atacama deserto

atacama deserto

Laguna Miscanti – Atacama deserto

atacama deserto

Laguna Miscanti – Atacama deserto

Segui caminhando até a Laguna Miñiques que é bem menor, mas não menos bela! Caminhei pelas passarelas demarcadas sentindo a brisa no rosto e admirando a beleza do local. Aliás, o barulho do vento é o único barulho que se escuta por lá. Caminhar me faz pensar na vida, agradecer por viver aquele momento e sentir que algo dentro de mim está mudando dali pra frente, pra melhor.

Atacama Deserto

Caminhar no sentido da perfeição – Atacama Deserto

Atacama Deserto

Caminho demarcado para os turistas e veículos autorizados

As duas lagunas já foram uma só, mas atualmente, a primeira envia água para a segunda através de uma passagem subterrânea.

atacama deserto

Laguna Miñiques – Atacama deserto

atacama deserto

Laguna Miñiques – Atacama deserto

Por fim, Socraire e passagem pelo Trópico de Capricórnio

Na volta para San Pedro ainda visitei o pequeno povoado de Socraire. Um lugar com cerca de mil habitantes que vivem, unicamente, da agricultura. São usadas técnicas de plantio, deixadas pelos Incas que possibilita plantar frutas e verduras mesmo sendo no deserto. Tudo rudimentar e que abastece as famílias que moram lá. Destaque para a igrejinha local. Em toda região encontra-se um cacto que cresce cerca de um centímetro ao ano. Alguns estão com 3 metros de altura. Dá para se ter a noção da idade dele né? É incrível. Em Socrarie, alguns decoram as ruas do povoado.

atacama deserto

Casinhas em Socrarie – Atacama deserto

atacama deserto

Cactos com 2 metros – Atacama deserto

Seguimos de volta para San Pedro até que cruzei a linha por onde passa o Trópico de Capricórnio. O interessante nesse ponto é que o trópico também cruza com uma trilha Inca usada, muitos e muitos anos atrás, para se chegar até a Bolívia. Ainda hoje alguns povos que habitam o deserto fazem trechos dessa trilha, não como meio de transporte mas em datas festivas.

atacama deserto

Placa Indicativa Trópico de Capricórnio – Atacama deserto

Se a linha do Trópico é imaginária, uma grande placa não a deixa passar em branco. E é claro que eu registrei.

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

2 Comentários

Deixe um comentário

--