Viagem em Família

Crianças que viajam, pais que Inspiram

Crianças nomundo
Escrito por Antonio JR

Crianças que viajam, pais que Inspiram

Desde que minha esposa ficou grávida, faço planos. Pensei que no nascimento do Guilherme já fosse possível introduzir um chip mochileiro no coraçãozinho dele. Porém, é bem mais complicado do que se fantasia. O filho nasce, as inseguranças também e ainda por cima se afloram. Foi tipo assim: “bem vindo” ao mundo dos pais.

Comecei a pensar em todas as dificuldades que a rotina e a fragilidade de uma criança impõem à uma viagem e demorei mais do que o esperado para dar o primeiro passo. Na verdade, o Guilherme começou a viajar mais tarde do que imaginava e mais cedo do que alguns em padrões que ando vendo por aí.

Ele fez sua primeira viagem com oito meses, e foi de carro. Com um ano, sua primeira aventura de avião. De lá pra cá foram inúmeras, todas dentro do nosso território nacional.

Veja esse post: Viagem com filhos? 15 ótimas dicas

Esse ano, carimbamos sua primeira trip internacional e escolhemos o Uruguai como destino. Talvez pela proximidade e pela facilidade que teríamos estando num país semelhante ao nosso.

Enquanto amadurecia a ideia, acompanhei publicações de pais, na grande maioria blogueiros como eu, fazendo as mais diversas aventuras com seus filhotes. Locais paradisíacos, exóticos, aventureiros ou simplesmente românticos. Vi de tudo um pouco, o que fez minha vontade aumentar.

Dicas de Punta del Diablo

Gui (o da direita de verde) no Uruguai com seu primo Otto !

Atualmente, nossos planos é para sua segunda vez abroad, e tenho a dizer que muitos pais são referências em motivação e inspiração. Ver os pequenos conhecendo esse mundão confirma meu desejo de fazer o mesmo, curtir muito e também de ser um inspirador para aqueles que não tem a coragem de encarar essa grande aventura de viajar com os filhos.

As viagens propiciam, aos nossos pequenos, novos olhares, experiências únicas e momentos inesquecíveis que certamente moldarão sua personalidade.

Abaixo, segue alguns depoimentos de pais de crianças que já rodaram países e se aventuraram em vários cantinhos desse nosso lindo planeta. É lindo e motivador!

Arthur e Rafa – 4 anos e 10 meses – Arthur – 6 Países

“Aqui acho que viajar é fundamental e muito construtivo na vida das crianças e da família toda. É um momento de união, lazer, descoberta de novas culturas, culinária, é sempre um aprendizado. Viajo desde pequena com minha mãe e hoje viajo com meus filhos e sou grata por poder viver esses momentos! Aqui a Rafa está começando, já andou bastante, mas o Arthur já tem mais Km rodados, passou por 6 países (fora Brasil). Nosso lugar preferido até hoje foi a Flórida, onde mais tenho lembranças das crianças aproveitando!”

Guaciara é mãe de Arthur e Rafa e escreve no blog Passeiorama

Crianças nomundo

Arthur e Rafa por aí.

Alex e Alice – 7 e 4 anos – 8 Países

“Colocar os filhos na estrada é mais do que um ato de coragem, sim muita gente deixa em casa com os avós ou nem sai com medo da trabalheira! Colocar os filhos na estrada é um ato de amor! É você mostrar esse mundão lindo para os pequenos. É apresentá-los novas culturas, línguas, comidas, climas e hábitos! É ensiná-los, através de experiências, valores como companheirismo, cooperação, amizade, amor, igualdade e responsabilidade. É dar a oportunidade de aprenderem tudo que se fala na escola ao vivo, facilitando a sua educação. É mostrar que vale a pena se arriscar e sair da zona de conforto.

Cada membro da família tem o seu lugar preferido. Mas em geral todos concordam que o mar turquesa e a areia branquinha das praias do Caribe é o que mais gostamos, pois todos os 4 adoram praias! Nessa lista entram as Ilhas Virgens Britânicas e Americanas, Bahamas, Jamaica, República Dominicana, praias do México… enfim paraísos com coqueiros! A Disney é sem dúvida outro preferido das crianças, e dos adultos também!”

Tem um pouco mais aqui nessa entrevista que demos pra Patrícia Maldonado para a Revista de Bordo da Avianca (aqui o link: http://asesabordo.com.br/entrevista-na-revista-de-bordo-da-avianca)

Ana Luiza Ogg Strauss é mãe da dupla e escreve no blog Ases a bordo

Crianças no mundo

Alex e Alice em Bahamas

Álvaro Drebes Agnoletto – 6 anos – 9 países

” Costumo dizer que o Álvaro já nasceu viajando, pois do hospital onde nasceu para casa já foram 150 km. Depois disso foram muitas viagens de carro para o litoral e serra gaúcha, até a primeira viagem de avião para o litoral da Bahia com 6 meses. A primeira viagem internacional foi antes de um ano para os Estados Unidos: fomos apresentar o Mickey e NY para o pequeno. Depois disso foram vários destinos incluindo Austrália, Alemanha, Portugual, Bahamas, várias vezes para os Estados Unidos, incluindo o Havaí e alguns países da Ásia – Tailândia, Cingapura e Indonésia. No total são 9 países no passaporte. A viagem preferida costuma ser sempre a última. Como voltamos da Ásia a pouco tempo, as lembranças das praias, dos vários “meios de transporte utilizados”, do passeio de elefante e da diversão do Universal Studios de Singapura estão muito fortes.” Diz Francine, mãe do Álvaro.

“Eu como mãe, sempre incentivo as famílias a viajarem com seus pequenos. É uma ótima forma de estarmos sempre juntos, vivenciarmos culturas diferentes, já que no dia a dia acabamos não conseguindo curtir todos os momentos juntos. As crianças se adaptam facilmente ao fuso horário, as novas atividades e tudo vira uma diversão, é só questão de mostrarmos o destino de uma forma lúdica e divertida”, completou

Francine Agnoleto, mãe do Álvaroe escreve no blog: Viagens que sonhamos

Criança no mundo

Álvaro em Bali

Léo – 7 anos – 11 Países

“O Léo tem 7 anos e já esteve em 11 países, a maioria na Europa. Demorei um pouco para ter coragem de fazer vôos longos e a carreira dele como “viajante internacional” começou aos 3 anos, em um roteiro pelo Canadá, passando por Quebec e Montanhas Rochosas. Mas a viagem favorita dele foi para a Patagônia, que visitamos com um grupo de 14 familiares, quando ele tinha 04 anos! Para nós, viajar em família é uma experiência muita rica para todos! Percebo que desperta uma enorme curiosidade: O Léo sempre aprende muito e quer saber mais sobre os lugares que visitamos. Uma opinião nossa é que não há “destino para crianças”. Qualquer destino pode ser interessante, se a criança está na boa companhia dos pais!”

Liliane Inglês, mãe do Léo e escreve no blog Trilhas e Cantos

Crianças no mundo

Léo em Torres del Paine

Isabella – 8 anos – 15 Países

“Nós viajamos com a Isabella desde que ela nasceu e mês que vem ela faz 9 anos. Nos primeiros meses foi para aqui perto, até Gramado (somos de Porto Alegre) mas a primeira viagem grande dela foi para o Leste Europeu, com apenas 7 meses. Muita gente nos chamou de loucos por levar ela tão pequena para tão longe, mas desde então pensamos que não há idade melhor para viajar com crianças e cada vez mais nos damos conta disso. A cada fase eles aproveitam de uma maneira diferente. Nesta viagem que falamos, ela aproveitou ficando conosco todo o tempo. Mais tarde foi descobrindo os sorvetes, parques, piscinas e agora se interessa por museus, conhecer atrações que ela vê em livros, blogs, tv e, claro, pela viagem como um todo, inclusive pela comida.

Sempre levamos coisas para ela se distrair no avião ou em lugares que ela não acha interessante, bem como uma farmacinha bem completa que já nos salvou várias vezes e o mais importante: misturar passeios adultos com passeios voltados para ela.

Já visitamos 15 países com a Isabella. Na verdade, começamos a viajar pra valer depois que ela nasceu!

As viagens que mais marcaram foram Nova York, Chicago, Paris, Disney, Arraial d’Ajuda e, para nossa surpresa, ela amou o Atacama.”

Já estamos preparando as próximas e cada vez ela ajuda com o roteiro, selecionando atrações que ela julga interessantes ou não!

E sempre falamos que ela só vai parar de viajar conosco no dia que ela disser que não quer ir!

Luciano e Andréa, pais de Isabella e escreve no blog Malas e Panelas e tem uma seção de Viagem em família. 

Crianças no Mundo

Isabella no Atacama

Maria Antonia – 8 anos – 17 Países

Minha inspiração para o blog é a minha filha Maria Antonia que sempre viaja com a gente, em qualquer viagem. Maria, já começou a viajar ainda na barriga, quando meu marido foi transferido para Houston, já moramos em 3 países e a Maria no alto dos seus oito anos já conhece 17 países. Nossos destinos preferidos: Maldivas, Hong Kong e Jordânia.

Acho importante viajar com criança desde pequena para justamente apresenta-la o mundo: as diferenças, similaridades , mas sobretudo o respeito por outras culturas e povos, procurando semear nessa geração uma mente aberta, que reconhece que somos todos iguais independente, da língua, cor, raça ou lugar no mundo.

Renata Salas Collazo é mãe da Maria Antônia e escreve no blog Maria Aqui e Ali.

crianças-pelo-mundo-20

Maria Antônia – Ilhas Maldivas

Felipe Rodrigues Pegoraro – 6 anos – 39 Países

O Lipe tem 6 anos e já esteve conosco em 39 países de 4 continentes – ainda não colocou o pezinho reconchudo na África, mas deste ano não passa! Adoramos nossas viagens de motorhome pela costa oeste americana, Nova Zelândia, Europa e Canadá, mas acredito que as viagens preferidas ainda são a Patagônia argentina e chilena e o Sudeste Asiático – quando o Lipe tinha 1 ano fizemos uma viagem de 5 meses com ele de Londres à Indonésia e, sem dúvida, o lugar mais incrível onde já estivemos juntos foi a Índia. No dia a dia, a gente trabalha muito, e viajar com nosso pequeno viajante é aproveitar cada minuto da vida, viver com intensidade, criar memórias que, mesmo que o Lipe não lembre, nós lembraremos .

Claudia Rodrigues é mãe do Felipe e escreve no blog Felipe o Pequeno Viajantes

Crianças nomundo

Felipe na Índia

Quer participar?

Contamos os casos de blogueiras e blogueiros mas sabemos que existem exemplos por todos os lados. Quer contar pra gente? Deixe aqui nos comentários para me inspirar também.

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

14 Comentários

  • Antonio,
    Ficou lindo o post, realmente várias histórias para nos inspirar e um denominador comum: famílias viajantes, não viajam apenas para conhecer novos lugares, mas para dedicar mais tempo a família, explorar novas culturas e acima de tudo preparar nossas crianças para um mundo mais feliz, sem fronteiras. Minha gratidão por ter podido dividir as nossas experiências…. Abraços

  • Muito bom post 🙂 revi-me completamente 🙂
    O Magno tem 2 anos e já viajou connosco por 27 países.
    Nem sempre é fácil mas na maior parte do tempo é a melhor coisa do mundo tê-lo como a nossa terceira mochila 🙂

  • Meu filho mais velho Samuel de seis anos, sua primeira viagem foi para Portugal com dois meses. Grande estreia. Ja viajou para quatro países e inúmeras viagens pelo Brasil. Minha mais nova Sara de três anos está indo em sua segunda viagem para a Disney no fim deste mês. Além de diversas viagens pelo Brasil. Viajar com os filhos e muito legal.

  • Adorei o post. Já “conheço” praticamente toda essas famílias da página Viagens em Família, do Facebook.
    Já que vc pediu inspiração, sou mãe da Laura, que completará 06 anos em março. E ela viaja desde os 4 meses. Essa primeira viagem foi para visitar a família no RJ.
    Aos 06 meses, realizou a primeira viagem internacional para a Itália e, desde então, já carimbou o passaporte em 24 países. Só para os EUA já foi 6 vezes, incluindo Califórnia, Hawaii, Florida, NY, Nevada, Utah e Arizona!
    Realmente, viajar com criança exige paciência, mas é bom demais ver o mundo pelos olhos dela.
    E ver que ela, hoje, sabe que é possível conhecer qq lugar do mundo. Atualmente, só fala em ir para o Egito!
    As maiores lembranças? A Muralha da China, que ela chama de “grande escadaria”, as praias do Hawaii (volta e meia nos cumprimenta dizendo “aloha”) e a viagem de motorhome!

  • Show de post! Amei “introduzir um chip mochileiro no coraçãozinho dele”, perfeito! É esse o meu desejo para os meus filhos também!

Deixe um comentário

--