Auschwitz Curiosidades Notícias da Web

Curiosidades sobre Auschwitz

Curiosidades sobre Auschwitz
Escrito por Antonio JR

Curiosidades sobre Auschwitz

Apesar de muito triste e sangrenta a história de Auschwitz sempre me fascinou. Não consigo assimilar tamanha crueldade e meu fascínio se deve ao inexplicável, ao absurdo cometido pelos homens contra os próprios homens. Tento entender a essência de tudo isso mas não chego perto de alguma conclusão. Este lugar ainda faz parte da minha  wishlist e pretendo em breve conhecê-lo enquanto isso escrevo sobre as curiosidades sobre Auschwitz.

Essa história sombria traz algumas curiosidades sobre Auschwitz que serão mostradas abaixo:

#1 – Mais pessoas morreram em Auschwitz do que todas as mortes entre britânicos e estadunidenses na Segunda Guerra Mundial.

#2 – Em Auschwitz, um dos guardas da Alemanha se apaixonou por uma prisioneira judia. Ele salvou sua vida várias vezes, e ela testemunhou a seu favor em seu julgamento pós-guerra.

#3 – O pai de Anne Frank sobreviveu a Auschwitz, mas morreu em 1980 por conta de um câncer.

#4 – Durante o holocausto, o boxeador judeu Salamo Arouch foi aprisionado em Auschwitz. Ele foi obrigado a lutar com seus companheiros, e os perdedores eram enviados para câmaras de gás ou eram executados com tiros. Ele sobreviveu por 2 anos, e passou por mais de 200 lutas, até que foi libertado.

Curiosidades sobre Auschwitz

Boxeador judeu Salamo Arouch

#5 – O soldado polonês Witold Pilecki se voluntariou a ser aprisionado em Auschwitz. Lá, coletou informações, conseguiu escapar, e fez o mundo todo saber sobre o holocausto.

#6 – Mais de 745 milhões de reais foram gerados para o Estado Nazista pelo trabalho escravo dos judeus.

Curiosidades sobre Auschwitz

Foto: Blog Felipe o Pequeno Viajante

#7 – 1,1 milhão de pessoas morreu durante os quatro anos e meia de existência de Auschwitz. Durante os 4,5 anos de sua existência, estima-se que, das 1,3 milhão de pessoas enviadas ao campo de concentração, 1,1 milhão pereceram. E, dessas, 1 milhão foram homens, mulheres e crianças judias.

#8 – O principal campo de concentração de Auschwitz era como uma cidade: tinha suas cantinas, cinema, teatro e lojas de utilidades.

#9 – Havia cerca de 170 mulheres nazistas trabalhando no campo de concentração, e a mais diabólica delas foi Irma Grese. Conhecida entre os prisioneiros como “A Cadela de Belsen”, Irma desfilava por Auschwitz usando botas pesadas, chicote e pistola. Quando foi presa pelos soldados aliados, ela tinha em seus aposentos abajures feitos com pele humana. A nazista foi condenada à forca aos 20 anos de idade por seus crimes.

Curiosidades sobre Auschwitz

Foto: Blog Felipe o Pequeno Viajante

Mais curiosidades sobre Auschwitz

#10 – Dos cerca de 7 mil nazistas que trabalharam em Auschwitz durante a Segunda Guerra Mundial, apenas 750 foram punidos por seus crimes.

#11 – Muitos dos experimentos científicos que Joseph Mengele realizou em Auschwitz envolviam estudos com gêmeos, e, se um dos irmãos morria, o médico nazista imediatamente matava o outro para poder conduzir necropsias comparativas.

#12 – Durante o Holocausto, para salvar a própria família, uma mulher judia chamada Stella Kübler-Isaacksohn expôs mais de 3 mil judeus escondidos que tentavam escapar da Gestapo. Mesmo depois de os nazistas enviarem seus pais e marido a Auschwitz em 1943, ela continuou atuando como informante até 1945.

#13 – Outros grupos de pessoas que morreram incluídos prisioneiros poloneses políticos, prisioneiros de guerra soviéticos, famílias ciganas, homossexuais, pessoas com deficiência e prisioneiros de consciência ou fé religiosa (incluindo várias centenas de Testemunhas de Jeová).

#14 – Nazistas em Auschwitz ofereceu algumas reclusas não-judeus a opção de “trabalhos leves”. Enquanto as mulheres logo descobriu, “trabalhos leves” significava prostituição.

#15 – Há cerca de 500 sobreviventes de campos de concentração nazistas ou guetos vivem na Grã-Bretanha hoje.

FONTE:  BBC  /  Slides Fatos
Deixamos claro em nota no final do post quando se trata de uma matéria que circulou a internet e publicada por vários meios de comunicação. Fazemos uma releitura da matéria deixando-a com a cara do nosso leitor mas você pode verificar outras publicações sobre esse assunto nas indicações de “Fonte”.

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

Deixe um comentário

--