Cusco

Dicas de Cusco – Tradição, turistas e muito mais.

dicas de cusco
Escrito por Antonio JR

Dicas de Cusco – Tradição, turistas e muito mais.

Sua vocação turística impressiona! E não porque Cusco é, na grande maioria das vezes, uma cidade de passagem pra quem deseja conhecer as ruínas de Machu Pichu. Por onde quer que você vá ou pra onde quer que você olhe, pode-se observar detalhes de uma civilização que foi construída ao longo de muitos e muitos anos: Os Incas.

Devido a sua topografia, a cidade foi construída com ruas estreitas e ladeiras desenhadas. O estilo barroco, trazido pelos espanhóis e visto nas edificações das igrejas, fica lado a lado com as muralhas incas e disputam a atenção e o interesse dos milhares turistas que passam por ali diariamente.

Cusco foi a capital do império Inca e por este motivo, por toda cidade pode-se ver muros de pedras montadas umas sobre outras com uma precisão de fazer inveja. Estes grandes muros estão por toda a cidade e pode ser visto nas fachadas de casas, dentro de lojas e restaurantes.

dicas de cusco

Construção Inca

Cusco tem também seu lado colonial. Quando os espanhóis chegaram, logo registraram sua marca nos casarios coloniais e nas igrejas. A principal delas é a Catedral, o custo de entrada é de 25 soles e não é permitido fotografar seu interior. Nessa catedral é onde os indígenas foram usados como mão-de-obra e também deixaram sua marca, com provocações ininteligíveis para os espanhóis da época, hoje são mostradas com orgulho pelos guias, em geral de origem andina, os entalhes nos assentos que remetem à Pachamama, a mãe natureza.

dicas de cusco

Construção estilo colonial

Outra marca indígena pode ser visto dentro da Catedral, mais especificamente na Santa Ceia que fica do lado direito do altar. Nela, Judas é representado com a cara do conquistador Francisco Pizarro. E, no centro da mesa, é servido aos comensais um cuy, um porquinho-da-índia, apreciado pelos incas. Passando por trás do altar, em prata que atualmente está na Catedral, você pode observar melhor estes detalhes que estão no altar antigo.

dicas de cusco

Catedral de Cusco

dicas de cusco

Igrejas em Cusco

dicas de cusco

Catedral de Cusco

Impressionante também é o número de agências de passeios, casas de cambio e vendedores de rua. E como em quase todos os lugares do Peru você “deve” negociar muito os preços. Infelizmente, inúmeras pessoas te oferecem algo a cada passo que você da, e isso as vezes, dificulta desfrutar o passeio pelas ruas do centro da cidade.

A noite “cusquenha” ferve! Não tivemos oportunidades de curti-la como merecido, pois o cansaço do dia nos limitava a tal descompromisso, mas pudemos observar que para muitos, a noite é somente uma criança. Pessoas do mundo inteiro em busca de curtição. Os pubs, bares e boates são gratuitos e muito próximas uma das outras. Então, a facilidade de trocar de ambiente é tão grande que as pessoas podem fazê-lo varias vezes durante a noite. Uma boa indicação é o Mama África.

Em Cusco, o taxi é o meio mais utilizado e a questão dos preços funciona da mesma forma: pechinche! Entre municípios, o transporte funciona mais ou menos assim: existem ônibus intermunicipais e os taxis que fazem trajetos com cinco passageiros. Neste ultimo, eles aguardam completar o numero de passageiros para partirem.

Além do centro e das igrejas da praça das armas, Cusco possui muitos atrativos por toda a cidade assim como nos arredores. Próximo ao centro está o koricancha, custo de entrada 10 soles, é um templo dedicado ao Sol, que, quando os espanhóis chegaram, era coberto de ouro. Templo dedicado ao arco-íris, à Lua e ao Sol. É absolutamente engraçado chegar à cidade de Cusco e se deparar com inúmeras bandeiras arco íris. Esta bandeira é o símbolo da cidade. Desta foram, ao chegar e não sabendo de nada a respeito, tem-se a impressão de que absolutamente todos os estabelecimentos locais são adeptos ou simpatizantes ao movimento LGBL.

dicas de cusco

Vista do Koricancha – Templo do Sol

dicas de cusco

Koricancha – Templo do Sol

 

dicas de cusco

Ruas de Cusco

dicas de cusco

Monumentos em Cusco

Uma dica importante é relativa à altitude. Ela realmente pode fazer com que alguns se sintam com náuseas e mal estar. Tente logo no primeiro dia não fazer uso de alimentos pesados e não exagere nas atividades, tais como caminhada. Se necessário pode recorrer ao chá de coca ou mastigar a folha. Seria como um energizante.

É necessário ficar alguns dias em Cusco para aproveitar o que a cidade tem a oferecer. Sugiro no mínimo quatro dias para isso. O interessante é que o visitante conheça as zonas arqueológicas da redondeza e também o que se encontra dentro da própria cidade.

dicas de cusco

Plaza de Armas

dicas de cusco

Plaza de Armas

Ficando em Cusco, grandes hotéis estão muito bem localizados na Plaza de Armas assim como próximo a ela. Boas alternativas de albergues também são oferecidas por todo centro da cidade. Se optarem por albergue com característica familiar, o que seria parecido com nossas pousadas aqui, uma boa e comprovada opção é Hostel Valicha (para ver clique aqui).  Recomendo!

Inúmeros Restaurantes e fast food por todos os lados dão a possibilidade ao turista de apreciar a culinária peruana que, diga-se de passagem, é muito saborosa!

Reserve seu hotel com a gente , vai! Sem custo adicional, claro!

Banner Booking horizontal 810x100Nosso blog tem parceria com a Booking.com. Uma reserva através do blog ajuda a mantê-lo pois ganhamos uma pequena comissão. É valido lembrar que o PREÇO NÃO ALTERA, ou seja, você não paga nada a mais por isso e você pode contar com a qualidade Booking.com em suas reservas. Com cancelamento grátis! É muito simples e seguro.

Escolha seu hotel clicando aqui:

Booking.com – Hotéis em Cusco

Booking.com – Hoteis em qualquer lugar do Mundo 

Venha pra nossa Rede:

Facebook   Google+   Instagram

Quer ver mais sobre o Peru? Acessos outros posts:

Cusco – A magia de seus arredores.

Lima – A modernização de uma cidade que não perde a tradição.

Machu Pichu – Compra de tickets online e limites de venda.

Machu Pichu – Inacreditável e Fascinante.

Trilha Salkantay – Trekking alternativo para Machu Pichu.

Roteiro Peru 14 dias

Na seção Pé na Jaca tem um sobre nosso salto no Mirador de Rachi

Pé na Jaca – Será que salto?

Veja mais fotos de Cusco

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

2 Comentários

Deixe um comentário