Santiago

Santiago – Hospedagem, ski, compras e dicas complementares.

Dicas de Santiago do Chile
Escrito por Antonio JR

Dicas de Santiago do Chile – Hospedagem, ski, compras e dicas complementares.

Outras Dicas de Santiago do Chile:

O trajeto do aeroporto para o centro de Santiago pode ser feito de ônibus, táxi ou Van. Muitos optam por táxi por acreditarem que são mais seguros e não se importam em pagar algum valor a mais por isso. Certamente, se você opta por ir de táxi, o trajeto que você percorrerá será o mais curto, pois o veículo somente tem de gastar tempo com a sua condução. Mas a possibilidade de utilizar o serviço de Van é muito interessante, mais barato e funciona independente do horário que você chega. A empresa Transvip oferece este serviço de maneira segura e mais econômica.

Valor Transfer Transvip: CLP 6.000,00 pesos caso o bairro seja na Providência e CLP 5.500,00 para hotéis centrais. Veja: www.transvip.cl

Moeda:

A moeda corrente do Chile é o Peso Chileno CLP. Na ocasião da nossa viagem a cotação desta moeda estava: R$ 1,00 = CLP 255,00. Data: junho/2012. Se preferir, você não precisa levar pesos chilenos. Basta levar alguns dólares para gastos

gerais na chegada ao país e utilizar o opção “Saque em conta corrente” no seu cartão de débito internacional ou fazer a troca nas casas de câmbio. Não utilize a opção crédito do seu cartão, pois as taxas e os impostos são bem mais altos. Na utilização de débito você paga CLP 3.000,00 pesos para fazer o saque no caixa eletrônico chileno e mais R$ 12,00 (depende do banco) aqui no Brasil, fora

os 0,38% de IOF. Acho esta a melhor opção ser for feito o menor número de saques possíveis e consequentemente um menor valor em

taxas, pois, além de mais seguro (você não precisa estar com todo o volume de dinheiro da viagem em mãos ou guardado em malas), é mais econômico. Casas de Câmbio oferecem este serviço em vários locais da cidade, e o centro é repleto deles. Não gostei das taxas oferecidas por eles na ocasião. Uma possibilidade é também viajar com alguns Pesos no bolso e para isso, em Porto Alegre, no próprio aeroporto há uma casa de cambio que tem Pesos Chilenos para serem trocados. O Câmbio também não foi interessante. Saquei o suficiente para algumas horas na capital chilena pois como chegaria de madrugada não saberia se os caixas eletrônicos estariam fechados ou abertos.

Esqui (Ski)

Muitos planejam uma viagem ao Chile no inverno justamente para poder desfrutar das estações de Ski que cercam a cidade. As três estações mais tradicionais dos arredores de Santiago ficam a aproximadamente uma hora da capital e são elas: El Colorado, Farellones e Valle Nevado, sendo esta última mais visitada por brasileiros e que também possui a maior estrutura para prática de Ski.

A estação Valle Nevado, por ser a estação de maior estrutura, tem como consequência um valor mais alto. Então, caso você só queira ter contato com a neve e não é um praticante da modalidade de neve, uma melhor opção seria uma das outras estações. Segundo Ricardo Freire em seu site Viaje na Viagem, se você não pretende esquiar, uma boa indicação seria a estação Farellones para se passar o dia. Ele também não indica, passeios que tendem a visitar todas as estações durante o mesmo dia. Desta forma, segundo o próprio Ricardo, você não consegue aproveitar nenhuma delas.

Compras:

Pra você que deseja utilizar aquele tempinho extra na viagem ou então, enquadrar em seu roteiro, um momento voltado exclusivamente para as compras, pode acreditar que Santiago está interessante para isso atualmente. É claro que para cada tipo de compra há uma dica esperta para que você utilize bem esse tempinho.

Em Santiago, as lojas de departamento têm grande expressão. Dentro delas é possível encontrar praticamente de tudo, inclusive, marcas de grife. Dentre elas, se destacam as lojas Ripley e Falabela. Algumas delas estão bem próximas à Plaza de Armas. Neste local, também estão localizadas uma grande variedades de lojas e possui, inclusive, um shopping (Vivo Centro) para você comer e ir às compras. Outras lojas se destacam: La Polar, Paris, Jonhson, dentre outras.

Dicas de Santiago do Chile

Shopping Vivo El Centro – Dicas de Santiago

Dicas de Santiago do Chile

Andes Hostel – Dicas de Santiago

Hospedagem:

No quesito hospedagens, Santiago, assim como em todas grandes cidades, possui inúmeras possibilidades de se hospedar. Como aqui neste blog, buscamos pelo melhor “custoxbenefício” promovendo a categoria hostel, na grande maioria das vezes optamos por albergues que além de possuir uma grande integração entre os turistas de todos o mundo, pode ser uma boa alternativa para economizar algumas moedas na carteira. Como ficamos em Santiago em dois momentos, foram dois albergues diferentes. O primeiro é o antigo Chilli Hostel (agora Aji Hostel) no bairro providência. Apesar da simpatia de seus funcionários, a aparência externa e dos quartos deixam a desejar. O sistema de aquecimento é precário e sendo a querosene, nada me tirava da cabeça que aquilo ali poderia se tornar um acidente. Enfim, um acidente não ocorreu, ficamos ilesos, mas essa informação não poderia ficar desapercebida. No segundo momento ficamos hospedados em um apart hotel no bairro Bellas Artes. Apesar de sua gestão ser feita por um albergue, o Andes Hostel, ele não tinha nada a ver com o que um albergue geralmente oferece. O Andes Hostel tem uma estrutura muito boa para atendimento aos turistas e sua área de integração é sempre movimentada. Todos os dias têm algum tipo de confraternização e algum atrativo. Para aqueles que gostam, vale a pena!

De qualquer forma, para aqueles que gostam de um bom hotel, sugiro que estes estejam situados em um dos dois bairros: Providência e Bellas Artes. O primeiro tem um comércio mais intenso e o segundo facilita o turismo para a área central da cidade, além de possuir uma vida noturna mais agitada. Fica a sua escolha!

Quer saber mais sobre nossa viagem ao Chile 10 dias? Leia nossos outros posts:

Frutillar – Cidade que respira música e cultura

Pucón – A deslumbrante subida ao vulcão Villarica

Pucón – Aventura em lindos arredores

Pucón – Muitas paisagens, clima bucólico e muito carisma

Santiago – Bela cidade com maravilhoso postal de fundo.

Santiago – Hospedagem, ski, compras e dicas complementares

Vaparaíso – Região portuária e de grande importância econômica

Viña del Mar – O mar banhado por flores

 

 

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

Deixe um comentário

--