Valparaiso

Dicas de Valparaíso – Região portuária e de grande importância econômica.

Escrito por Antonio JR

Dicas de Valparaíso – Região portuária e de grande importância econômica.

A cidade e seus atrativos

Com seu porto banhado pelo Oceano Pacífico, Valparaíso se divide em atividades portuárias e o turismo. Uma cidade que possui inúmeros cerros (morros) e se não estou enganado, 45 ao todo, se destaca turisticamente por suas inúmeras casas coloridas o qual lhe foi atribuído, pela Unesco, o título de patrimônio cultural da humanidade. Essas casinhas coloridas são realmente um charme e estão no Cerro Alegre e Concepción que em minhas pesquisas, era melhor recomendação que vinha das leituras e mais nada. Geralmente citada pelo seu caos no trânsito, pouca conservação de prédios e casarios e também pela sujeira que em grande parte era atribuída ao fato de ser uma cidade portuária. De qualquer forma, vale sim se aventurar por lá e sentir num lugar “pitorescamente” tradicional.

Uma hora e alguns minutos de Santiago, Valparaiso tem sido cidade escolhida para pessoas que dispõem de tempo para percorrer os arredores da capital chilena e, ao lado de Viña del Mar, Valparaíso tem sido muito visitada por brasileiros.

A Plaza Sotomayor é a praça principal da cidade e nela estão imponentes prédios que se destaca pela beleza e seu estilo neoclássico. Nela, chama a atenção o lindo prédio da Armada de Chile, além do Monumento a los heroes de Iquique e do Congresso Nacional.

Congresso Nacional – Dicas de Valparaiso

Dicas de Valparaíso

Monumento dos Heróis de Iquique – Dicas de Valparaiso

Dicas de Valparaíso

Hotel Praça Sotomayor – Dicas de Valparaiso

Para se chegar aos cerros partindo da parte baixa (“El Plan”), os turistas assim como os moradores da cidade, utilizam os ascensores que facilitam esta subida.

Em Valparaíso está uma das três casas do poeta chileno Pablo Neruda. La Sebastiana é a localizada no Cerro Bellavista e nela, o turista tem a visão de parte da cidade. Um charme! Já na subida para a casa de Neruda já podemos visualizar como é a vida dos moradores dessa cidade cheio de aclives e declives. Na porta de entrada do museu ficam várias lojinhas de artesanatos com variadas opções. Os preços são os mesmos praticados em outros centros turísticos da cidade. Se gostarem de alguma coisa, podem comprar.

Dicas de Valparaíso

Casa/Museu Pablo Neruda – Dicas de Valparaiso

Dicas de Valparaíso

Casa/Museu Pablo Neruda

Dicas de Valparaíso

Casa/Museu Pablo Neruda

Dicas de Valparaíso

Vista da Casa/Museu Pablo Neruda – Dicas de Valparaiso

Como chegar:

Para Valparaíso pode-se ir por agências, táxis, carros alugados ou ônibus. Por agencias, saindo de Santiago, geralmente as empresas cobram algo em torno de US$ 50,00. Caso opte por alugar um carro, o acesso é fácil e você acaba, além de ganhar tempo, mais liberdade para traçar o roteiro que deseja fazer.Caso sua opção seja por ônibus as Cias que fazem este trajeto são: Turbus e Pullman. Fomos pela primeira e a passagem foi de CLP 1.500,00. Vá até a estação Universidad de Santiago (L1) e até o Terminal Alameda. Se você comprar os bilhetes de ida e volta fica mais barato, porém, uma boa estratégia é sair para Valparaíso e voltar por Viña.

Dicas de Valparaíso

Terminal Rodoviária de Valparaiso – Dicas de Valparaiso

 

Reserve seu hotel com a gente , vai! Sem custo adicional, claro!

Nosso blog tem parceria com a Booking.com. Uma reserva através do blog ajuda a mantê-lo pois ganhamos uma pequena comissão. É valido lembrar que o PREÇO NÃO ALTERA, ou seja, você não paga nada a mais por isso e você pode contar com a qualidade Booking.com em suas reservas. Com cancelamento grátis! É muito simples e seguro.

Clique em :

Booking.com – Hotéis em Valparaíso 

Booking.com – Hoteis em qualquer lugar do Mundo 

Venha pra nossa Rede:

Facebook   Google+   Instagram

Quer saber mais sobre nossa viagem ao Chile 10 dias? Leia nossos outros posts:

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

Deixe um comentário

--