Estátuas da Ilha de Páscoa – quais são seus segredos?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Estátuas da Ilha de Páscoa – quais são seus segredos?

Circulou pela internet em 2012, um e-mail com texto e algumas imagens das estátuas da Ilha de Páscoa. Extraímos a matéria original do site [LiveScience]. Neste e-mail, um segredo guardado abaixo das terras onde as famosas estátuas, também chamadas Moais, estavam fixadas foram mostrados. Eram imagens dos “corpos”  que foram soterrados durante um processo de erosão que durou mais de 500 anos.

Ilha de Páscoa
Trabalho dos Arqueólogos
Ilha de Páscoa
Trabalho dos Arqueólogos

Nesses e-mails que circularam na época, mostravam imagens dos arqueólogos fazendo escavações deixando à mostra os corpos dessas estátuas. Na época uma dúvida surgiu se a matéria trazia imagens reais ou não. Dentro desse e-mail, circulou uma fotografia onde o corpo de um Moais aparecia em perfeito estado. Essa imagem não é real apesar de outras fotos apresentarem imagens verdadeiras de partes dos corpos que foram escavados pelos arqueólogos.

Ilha de Páscoa
Moais caído

“A razão pela qual as pessoas pensam que são apenas cabeças são 150 estátuas enterradas até os ombros na encosta de um vulcão, e estas são as mais famosas, mais bonitas e mais fotografadas de todas as estátuas da Ilha de Páscoa,” Van Tilburg, que é membro do Instituto Cotsen de Arqueologia da Universidade da Califórnia, Los Angeles, disse: “Isto sugere que as pessoas não tinham visto as fotos que tinham o corpo todo”, completou.

Ilha de Páscoa
Deslocamento de Moais

Arqueólogos estudam essas estátuas desde o início do século, em 1914 aconteceram as primeiras escavações e desde já se tinha conhecimento de que haviam corpos sob essas cabeças. Foram estátuas construídas a partir de rochas vulcânicas e datada de um período que compreende os anos de 1100 e 1500 D.C.

Ilha de Páscoa
Deslocamento de Moais

Essas centenas de estátuas estão espalhadas pela ilha e variam também de tamanho podendo chegar a 10 metros. Não se sabe o motivo de suas construções mas uma hipótese é que foram construídas sempre que uma importante pessoa da tribo falecia.

Creditos das fotos:  Easter Island Statue Project

Fonte: [LiveScience]

Deixamos claro em nota no final do post quando se trata de uma matéria que circulou a internet e publicada por vários meios de comunicação. Fazemos uma releitura da matéria deixando-a com a cara do nosso leitor mas você pode verificar outras publicações sobre esse assunto nas indicações de “Fonte”.

Mais do Chile para você:

Frutillar – Cidade que respira música e cultura

Pucón – A deslumbrante subida ao vulcão Villarica

Pucón – Aventura em lindos arredores

Pucón – Muitas paisagens, clima bucólico e muito carisma

Puerto Varas – Brisa constante que parece vir do vulcão

Santiago – Bela cidade com maravilhoso postal de fundo.

Santiago – Hospedagem, ski, compras e dicas complementares

Vaparaíso – Região portuária e de grande importância econômica

Viña del Mar – O mar banhado por flores

Posts Relacionados