Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu – Itaipu Binacional

Como visitar a Usina Itaipu Binacional
Escrito por Antonio JR

Conheça Itaipu Binacional em Foz do Iguaçu

Sobre a Empresa

Vinte e nove trilhões de litros de água represados! Só por esse monstruoso número já dá pra imaginar a ordem de grandeza de todo complexo da Itaipu Binacional. Um exemplo de que duas nações podem operar uma empresa com eficiência e expertise afinal, em Itaipu é tudo bem dividido entre os dois países: a área, o número de funcionários, o volume de energia gerada e os investimentos em infra-estrutura. Além disso, é uma referência em todo o mundo pois é líder mundial de produção de energia limpa e renovável.

Tudo em Itaipu é 50 – 50 (50% para cada federação). No caso do Brasil , a energia gerada corresponde a 17% do total utilizada no pais e quanto ao Paraguai, 76%. O Brasil detém o direito de compra da energia excedente do Paraguai que não consome tudo que é produzido pra ele. Ou seja, o Paraguai fornece ao Brasil a 40% da energia produzida. Existe uma diferença de frequência na geração de energia. No Brasil, de 60 hz e no Paraguai 50hz . A energia não utilizada pelo Paraguai que abastece o Brasil passa por um processo de adequação por causa dessa diferença.

Fui convidado para conhecer Foz do Iguaçu e participar da FIT – Feira de Turismo das Cataratas através de uma  press trip realizada pela Cliptime. A programação já estava definida e os tickets foram disponibilizados. É importante se informar com antecedência sobre os passeios e disponibilidades (veja abaixo).

Passei a manhã conhecendo as instalações da empresa. Fiz a Visita  Institucional, um tipo de visita mais completa que engloba o Circuito Especial e o de Vista Panorâmica. Separadamente, a primeira possui aproximadamente 3 horas de duração e possui vagas limitadas (24 pessoas) – você pode não conseguir fazer seu passeio tentando comprar em cima da hora no local já o Vista Panorâmica se estende por 2 horas.

Veja abaixo TODOS os passeios do Turismo Itaipu.

Preços:
Circuito Especial – R$ 78,00 – Todos os dias – veja mais aqui
Vista Panorâmica – R$ 36,00 – Todos os dias – veja mais aqui
Iluminação da Barragem – R$ 18,00 – Sextas e Sábados 20h – veja mais aqui
Passeio de Kattamaram – R$ 80,00 adulto –  Todos os dias – veja mais aqui
Ecomuseu – R$ 12,00 adulto – De terça a domingo – veja mais aqui
Refúgio Biológico – R$ 24,00 adulto – terça a domingo –  veja mais aqui
Polo Astronômico – R$ 24,00 adulto – terça a domingo – veja aqui mais

Participei desse tour juntamente com um grupo de cerca de 30 jornalistas e blogueiros. Logo na chegada, fomos encaminhados para uma sala que projeta o filme da história da construção de Itaipu. O documentário tem cerca de 15 minutos e também faz parte do tour.

Áreas Visitadas

O transporte interno é em ônibus da empresa. Já está incluído no ticket e conta com um guia para dar as orientações históricas e técnicas. No caso do meu grupo, fomos acompanhados pela responsável pelo setor de Relações Públicas.

Como visitar a Usina Itaipu Binacional

Como visitar a Usina Itaipu Binacional – Letreiro

Começamos pelo Mirante do Vertedouro. Ali está o grande letreiro da empresa e também o Painel do Barrageiro de 1998. Esse painel é uma homenagem aos cerca de 100 mil colaboradores que trabalharam na construção de Itaipu. De lá podemos ver as barragens da hidrelétrica. Todas fechadas nesse dia, infelizmente. De qualquer forma dá pra se ter uma ideia da dimensão do volume de água que desce por ali e o espetáculo que é produzido.

Como visitar a Usina Itaipu Binacional

Como visitar a Usina Itaipu Binacional – Mirante do Vertedouro

Como visitar a Usina Itaipu Binacional

Como visitar a Usina Itaipu Binacional – Painel do Barrageiro

Por todo o trajeto podemos ver árvores com placas identificadas. Nas placas estão escritos os nomes do colaboradores que completam 15 anos de empresa. Algumas mais recentes e outras mais velhas, todas identificadas. Quando um colaborador chega nos seus 15 anos de serviços prestados, a empresa solicita que ele plante uma arvore e a identifica com o nome e com a data de admissão. Uma bela iniciativa!

Como visitar a Usina Itaipu Binacional

Como visitar a Usina Itaipu Binacional – Árvores como essa!

Já na segunda parada, no Mirante Central, você possui uma melhor vista das barragens. Nela está o Barrageiro – Homem de aço, uma escultura de lata, criada com rejeitos e sucatas da obra e pesa cerca de 2 toneladas. Ela fica logo na entrada do Mirante Central.

A posição desse mirante é mais frontal e podemos perceber a magnitude dessa grande obra.

Como visitar a Usina Itaipu Binacional

Como visitar a Usina Itaipu Binacional – Vista Mirante Central

De volta ao ônibus seguimos para conhecer a barragem. São 8 quilômetros de extensão e paramos para fazer Visita Interna.

Nesse momento é obrigatório o uso de capacete. é disponibilizado também fones de ouvido para que a gente possa escutar as orientações e esclarecimentos técnicos e históricos. A barragem possui cerca de 8 quilômetros de extensão não dava para conhecer por completo. Passamos por algumas camadas, vimos a tubulação que circula a água para geração de energia assim como a tubulação de água que resfria o processo.

Como visitar a Usina Itaipu Binacional

Como visitar a Usina Itaipu Binacional – Entrada para visita área interna

 

Como visitar a Usina Itaipu Binacional

Como visitar a Usina Itaipu Binacional – Vários andares

A próxima parada foi a Sala de Controle e Despacho de Carga. É nela que se observa toda parte produtiva da turbinas. Qualquer variação ou problema é imediatamente identificado e os grupos de revezamentos estão sempre a postos para tomada de qualquer ação.

Como visitar a Usina Itaipu Binacional

Como visitar a Usina Itaipu Binacional – Sala de Controle de Carga

A Visita Interna já estava no fim mas ainda fomos passar por um mirante do lado paraguaio Ele está posicionado bem pertinho do Vertedouro. Conseguimos ver por mais um ângulo.

Como visitar a Usina Itaipu Binacional

Como visitar a Usina Itaipu Binacional – Mirante do lado Paraguaio

Já no final do passeio seguimos para o Porto Katamaram onde fomos almoçar. No caminho, passamos pela barragem e ainda tivemos contato visual com a parte inundada, Lago de Itaipu. Um grande lago com centenas de quilômetros de extensão e com largura máxima que atinge 12 quilômetros. Realmente um “mundo d´água”.

Como visitar a Usina Itaipu Binacional

Como visitar a Usina Itaipu Binacional – Porto Kattamaram

No Lago de Itaipu há a possibilidade de fazer também um tour de kattamaram que infelizmente não fiz apesar da vontade. A vista é muito interessante porém, o meu compromisso do início da tarde me impossibilitou de fazer. O jeito foi almoçar e seguir em frente e curtir o visual de fora. Mesmo sem ter experimentado eu recomendo!

Como visitar a Usina Itaipu Binacional

Como visitar a Usina Itaipu Binacional – Visto do Lago e o do Kattamaram

O tour te leva até o Lago de Itaipu porém o passeio de Katamaran é pago a parte.

Dados técnicos da Usina:
Data do início da construção 1975
Número de Funcionários: 3500
Volume de água no reservatório: 29.000.000.000.000 (trilhões) de litros de água
Área do reservatório: 1350 km2
Extensão do Reservatório: 170 km
Largura máxima: 12 km

Restaurante Porto Katamaram

Um restaurante completo que cuta R$ 45 reais o buffet sem balança e um ambiente muito agradável ás margens da lago de Itaipu. O final de tarde parece ser incrível e também não consegui ver. Por isso pode ser interessante deixar para fazer o passeio da Itaipu na parte da tarde e ainda pegar um belo por do sol.

Como visitar a Usina Itaipu Binacional

Como visitar a Usina Itaipu Binacional – Restaurante Porto Kattamaram

O restaurante é espaçoso e aberto com vista para o lago. Um bom local para almoçar, principalmente para quem fizer o tour pela manhã e estiver finalizando ali na hora do almoço.

Almoçamos, desfrutamos um pouco do visual e seguimos em frente. No final do passeio você passa por uma loja de souvenir. É muito comum os passeios nos levarem para uma lojinha no final de tudo. Uma bela forma de fomentar o turismo na região. Itaipu não é diferente e tive de passar rapidamente pela loja e não ser fisgado por inúmeras opções que nos enchem os olhos.

Dicas finais:
* Ter mais de 14 anos
* Estar com calçado fechado
* Possuir documento com foto

Agradecimentos:

Este post faz parte de um conjunto de posts sobre Foz do Iguaçu de uma press trip realizada em junho de 2017. Todas opiniões contidas nesse post são imparciais. Obrigado a Cliptime pelo convite, à Itaipu Binacional, Loumar Turismo, Parque das Aves e Windham Hotéis pela parceria.

 

 

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

Deixe um comentário