Caminho de Santiago Etapas

Caminho de Santiago – Etapa 4 Los Arcos á Azofra

Caminho de Santiago etapa 4
Escrito por Antonio JR

Caminho de Santiago – Etapa 4 Los Arcos à Azofra

Etapa 4 – Los Arcos / Sansol (7.6km) / Torres del Río (0.9km) / Viana (11.6km) / Logroño (10.8km) / Navarrete (13.9km) / Sotés (5.7km) / Ventosa (2km) / Nájera (11.3km) / Azofra (6.3km)

Total da etapa 70,1km – Restam: 610km.

Custo do Albergue em Los Arcos – Albergue La Fuente Casa de Austria: 13 euros

Prato peregrino: 9 euros

Caminho de Santiago etapa 4

Dia lindo no início do quarto dia

O dia começa belo novamente. Saímos por volta das 07h30min da manhã e as primeiras pedaladas serviram para aquecer e colocar o corpo no lugar. Aproximadamente 40 minutos depois já estávamos passando por Sansol e depois Torres del Rio chegando mais tarde à Viana.

Caminho de Santiago etapa 4

Entrada de Sansol

Viana é a última localidade de Navarra. Sancho VII fundou-a na fronteira com Castela, com finalidades defensivas, evidentemente, foi cercada por paredes. Em Viana, você poderá conhecer a Iglesia de Santa María, com seu edifício gótico, cuja construção se iniciou logo após a fundação de Viana por Sancho VII, no século XII, além da Iglesia de San Pedro, do século XIV.

Chegamos a Logroño já no meio do dia. A primeira coisa que fizemos foi tentar encontrar uma bicicletaria para fazer algumas regulagens nas magrelas. Encontramos a Vini Vidi Bici onde o proprietário, Chema Gutierrez é muito gente fina. Passe lá pra dar uma abraço nele. Ele nos disse que virou tradição, os brasileiros que estão no Caminho de Santiago fazerem isso, após ele ter aparecido em uma matéria de jornal publicada no Brasil.

Logroño é a capital da região autônoma de La Rioja, a menor de todas as dezessete que compõem a Espanha. Durante o trajeto passamos por várias plantações de uvas, pois a região de La Rioja é uma das principais regiões de vinicultura do mundo. Prepare-se para se deliciar, tanto no trajeto comendo uvas fresquinhas quanto com a degustação dos vinhos.

Caminho de Santiago etapa 4

Chegando em Logroño

Caminho de Santiago etapa 4

Logroño

Entrando na cidade, você tem que atravessar uma grande ponte de pedra sobre o rio Ebro. Ao longo da história, essa cidade e a ponte em si tiveram uma grande importância estratégica, por ser a única passagem sobre o rio Ebro por um longo tempo. O fato de que o Caminho de Santiago atravessa a cidade acrescentou muito para o seu desenvolvimento nos tempos medievais.

Além de ser a capital de uma província famosa por seus vinhos, em Logroño há dezenas de tapas (ou pintxos em basco) nos bares da cidade velha, dos quais mais de cinquenta estão localizados dentro e ao redor da Calle del Laurel. Caminho de Santiago também tem suas “gordices”.

A Catedral de Santa María de la Redonda foi mencionada pela primeira vez no século XII. Foi reconstruída no século XVI e as duas torres (Las Gemelas = as gêmeas) foram adicionadas no século XVIII. Ela abriga a pintura de Michelangelo Buonarotti, a Crucificação.

Caminho de Santiago etapa 4

Catedral de Logroño

O nome oficial da “ponte de pedra”, Puente de San Juan Ortega, refere-se ao santo que acredita-se ter sido o construtor da ponte de pedra sobre o rio Ebro, em Logroño. A ponte possui 198 metros de comprimento e tem sete arcos.

No final de setembro de cada ano, acontece a Fiesta de San Mateo que é a abertura do período de colheita da uva Riojan. Para você que pretende fazer o Caminho de Santiago nesse mês, pode tentar colocar na sua programação.

A cidade de Navarrate está localizada a 11 km a partir da cidade de Logroño, nas encostas do Tedeón Hill. Ao lado da antiga estrada, pouco antes de chegar a Navarrete, escavações arqueológicas recentes descobriram um hospital de peregrinos, que foi construído no final do séc. XII por Maria Ramirez, e hoje está encoberto pelo tempo. No topo da colina, ergue-se a Igreja de Assunção, magnífico edifício do século XVI. Pare para ver o que restou do Hospital de peregrinos de San Juan de Acre e a Iglesia de la Asunción.

Caminho de Santiago etapa 4

Cemitério de calçados e botas

Antes de chegarmos a Nájera passamos por Ventosa, uma pequena aldeia com a Iglesia del San Saturnino localizada no topo da colina.

Chegamos a Nájera mais no final da tarde e encontramos nosso primeiro problema no planejamento. Nesse 17 de setembro, a cidade estava em festa. Não sabíamos e nossa intenção de ficar na cidade foi por água abaixo. Não tinha vagas. Tínhamos de partir para a próxima cidade, Azofra. O pior é que uma mega tempestade se aproximava.

Nájera está localizada na “Rioja Alta” e é banhada pelo rio Najerilla, que a atravessa e a divide em duas partes: o centro da cidade, com seus monumentos históricos e a cidade exterior com construções modernas e expansão industrial. O nome de Nájera em árabe significa “lugar entre as rochas”. Depois que os muçulmanos destruíram Pamplona, no século XI, Sancho “el Mayor” fez de Nájera a capital do Reino de Navarra, e desde então, a cidade passou a fazer parte do circuito do Caminho de Santiago. Não deixem de ver a Puente, Mosteiro de Santa Elena e a Iglesia y Monasterio Santa María La Real.

Partimos para Azofra com toda pressa do mundo. Do nosso lado direito o céu estava negro e certamente ia cair uma chuva daquelas e nos apressamos para tentar evitá-la ou parte dela. Tivemos sucesso! A chuva começou quando já estávamos dentro da cidade à procura do Albergue Municipal.

Azofra é um assentamento Riojan de origem árabe, com 347 habitantes. Sua atividade econômica está centrada principalmente na agricultura. De acordo com a documentação, antes Azofra tinha um hospital de peregrinos com a sua própria igreja e cemitério, sob a invocação de São Pedro. Na igreja de Nuestra Señora de los Angeles, você pode encontrar uma estátua de um peregrino e cerca de 5 quilômetros dali há um mosteiro cisterciense Cane, fundado em 1170. Embora os mosteiros de Suso e Yuso em San Millán da Cogolla estejam longe de onde passam os peregrinos, merecem uma atenção especial. São lugares que pedem uma visita, mas com o pouco tempo e a chuva, não tivemos oportunidade de conhecer. Em Suso, uma escritura é mantida. Um raro documento que menciona as primeiras palavras escritas em castelhano “Las glosas Emilianenses”, a partir do século X.

Nessa noite outro susto: No meio da madrugada acordei com uma grande dor no peito e com o braço esquerdo dormente. Pensei que pudesse estar tendo algum tipo de problema cardíaco. No mesmo momento enviei uma mensagem para um amigo cardiologista. Como no Brasil ainda eram vinte horas foi fácil o contato. Contei o que estava sentindo e a que esforço eu estava me submetendo. Ele me tranquilizou, disse que, provavelmente, seria uma dor proveniente do impacto na coluna, já que estava “batido” há 4 dias. O contato foi rápido, mas aqueles minutos em que eu fiquei aguardando a resposta pareceram não ter fim. Tomei um analgésico e mais calmo, consegui dormir.

Custo do Albergue em Azofra – Albergue Municpal de Azofra: 7 euros

Prato peregrino: não comemos

Veja o vídeo da etapa 4: O Caminho de Santigo de Compostela (PARTE 4)

Veja galeria completa da Etapa 4:

Reserve seu hotel com a gente, vai!

Nosso blog tem parceria com a Booking.com. Uma reserva através do blog ajuda a mantê-lo pois ganhamos uma pequena comissão. O preço NÃO altera em absolutamente nada e você pode contar com a qualidade Booking.com em suas reservas. Com cancelamento GRÁTIS! É muito simples e seguro.

Clique em :

Booking.com – Hotéis em Logroño pela Booking.com

Booking.com – Hotéis em qualquer lugar do Mundo

Venha pra nossa Rede:

Facebook   Google+   Instagram     Pinterest   Twitter

Veja tudo sobre o Caminho de Santiago:

Caminho-01

Clique e veja nossos posts

Caminho-02

Clique e veja nossos posts

Caminho-03

Clique e veja nossos posts

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

2 Comentários

Deixe um comentário

--