Ilhabela

O que fazer em Ilhabela em 2 dias

O que fazer em Ilhabela
Escrito por Antonio JR

O que fazer em Ilhabela em 2 dias

Que gostoso voltar a Ilhabela! Muito tempo passou e as coisas não estão tão diferentes assim. Deu pra perceber que meu ritmo e minhas preferências é que mudaram. Na verdade a minha vida mudou em 10 anos. Se na minha primeira passagem pela ilha foi solteiro, agora tive a presença ilustre da minha esposa Carla e meu guri Guilherme. Um final de semana em família e ainda focado na minha primeira prova de Triatlo.

Ilhabela, além de ser um local que justifica o seu nome, possui grande área territorial, muitas atrações de norte ao sul e de leste a oeste. Impossível conhecer tudo em poucos dias.

Nessa trip, ficamos três dias inteiros na ilha e dediquei um dia inteiro à minha prova.  Sou adepto ao modo slowtravel (viagem em ritmo mais devagar) e com criança, isso acaba quase sendo uma obrigação. Se você não passará muitos dias na ilha, sugiro que acompanhe esse roteiro que preparei com carinho pra você.

Desembarquei da balsa na noite de quinta feira e retornei na segunda feira logo cedo. Como eu disse, domingo foi destinado à competição do Xterra e claro, ao merecido descanso. Os dois dias que antecederam a prova foram dedicados a percorrer a cidade em busca das melhores e estruturadas praias, caminhar pela centro histórico e visitar restaurantes que só de lembrar me dão água na boca.

Siga comigo!

Como chegar

Ilhabela fica no litoral de São Paulo,cerca 200 quilômetros e de 3 a 4 horas da capital do estado. De São João del Rei,  Minas Gerais foram 8 horas e 30 minutos e ainda 2 horas esperando minha vez na balsa. Mais de 10 horas ao todo.

Dica Retrip: Procure chegar na balsa fora de horário de pico. Se você tiver sorte, o tempo para embarcar é em média, 40 minutos, com mais 20 minutos de travessia – uma hora no total.  Isso ainda pode piorar e se transformar em um exaustiva espera de 2 horas ou mais. Em feriados, você certamente testará a sua paciência.

É possível agendar a balsa mas é claro que você irá pagar mais pra isso. A travessia normal custa R$ 15,00 nos dias de semana e R$ 22,50 em finais de semana. Para toda travessia há uma taxa ambiental de R$ 6,50 (não incluída). Para conferir os valores basta clicar aqui.

O agendamento, projeto Hora Marcada, pode ser feito com pelo menos duas horas de antecedência mas se segure quando ver os preços: São Sebastião/Ilhabela – R$ 61,30 e Ilhabela/São Sebastião – R$ 43,50 em dias úteis. São Sebastião/Ilhabela – R$ 92,00 e Ilhabela/São Sebastião – R$ 65,30 em finais de semana e feriados. Ficou confuso? Clique aqui que você entende melhor.

Detalhe: Apesar da agilidade do serviço de agendamento dá ao sistema não é garantia que não haverá filas. Quando passei pela balsa verifiquei que havia uma fila para os agendados também apesar de ser bem menor. (preços atualizados mar/17)

Essa balsa além de levar os carros, leva ônibus, motos e pedestres que trabalham na cidade de São Sebastião. É o único modo de sair da ilha e chegar o continente.

Organização da Ilha

Ilhabela tem uma lado virado para o continente, onde fica a cidade e o outro para o Oceano Atlântico. Para se chegar às praias que estão voltadas para o oceano é necessário atravessar a ilha por trilhas. Não se faz com carro comum, somente com 4×4 ou então, de barco.

Para quem tem pouco tempo na Ilha, sugiro aproveitar mais a cidade e suas praias. Foi o que fizemos nos dois dias e  vimos que faltou conhecer muita coisa. Caso não seja sua primeira passagem pela ilha ou se puder desfrutar de mais dias por lá, vale a pena através a ilha. Na outra oportunidade, conheci a Baía de Castelhanos e adorei!

O que fazer em Ilhabela

O que fazer em Ilhabela

Dividida em duas áreas – norte e sul – a cidade contempla várias praias que para facilitar o entendimento também se dividem assim. As praias no norte são mais tranquilas e adequadas à criançada. As do sul são mais agitadas, mais desertas em alguns casos e frequentada mais por um público jovem.

O ponto central é a balsa. É simples dirigir na ilha pois ela possui uma avenida que corta todo o lado voltado para o continente, quase toda asfaltada.

As Praias

As praias do norte – Perequê, Itaguassu, Engenho D´agua, Pequeá, Saco da Capela, Viana, Siriuba, Pedra do Sino, Armação, Ponta das Canas, Praia do Capuiba e Praia do Jabaquara (última que temos acesso com carro)

Praias do sul – Ilha das Cabras, Portinho, Feiticeira, Julião, Praia Grande, Curral e Veloso.

Vamos ao detalhamento diário:

Sexta Feira – Dia 1

Saímos logo cedo e seguimos para passar a manhã na Praia do Perequê, que é uma das mais próxima do nosso hotel. Além disso, escolhemos por outros dois motivos: o primeiro é que ela possui alguns parquinhos de madeira para diversão das crianças e segundo, por que era onde estava montando a estrutura do Xterra. Peguei o kit e ficamos brincando com o Gui correndo de uma lado para o outro. Fizemos uma caminhada até o cais e ele achou o máximo.

O que fazer em Ilhabela

Praia de Perequê – O que fazer em Ilhabela

O que fazer em Ilhabela

Gui correndo pela praia – O que fazer em Ilhabela

O que fazer em Ilhabela

Grafite do Cais – O que fazer em Ilhabela

Como era sexta feira estava tudo tranquilo. Só alguns competidores estavam curtindo a praia ou pegando seus respectivos kits de competição. Foi fácil estacionar! Nos finais de semana fica muito mais complicado para o carro em local público sendo necessário usar os estacionamentos privados, comuns na avenida. Custo R$20,00.

Na sexta feira dividimos o dia em três partes: a primeira indo à praia, depois visitando o centro da cidade, pessoal chama de Vila e depois um retorno à praia.

Depois de curtimos a praia, saímos de Perequê  e seguimos para almoçar na Vila e escolhemos, por recomendação,  o restaurante Brasileirinho. É um restaurante grande de esquina, em frente à Igreja N. S. D´Ajuda e Bom Sucesso e também da Praça da Vila. A Igreja é do início do século XVIII e ao lado está a Antiga Cadeia e Fórum do início do século XIX e que hoje abriga o Parque Estadual de Ilhabela. Bem abaixo, no jardim da igreja está uma cruz com Jesus crucificado feito em latão. Muito bonita por sinal!

O que fazer em Ilhabela

Igreja N. S. D´Ajuda – O que fazer em Ilhabela

O que fazer em Ilhabela

Antiga Cadeia e Forúm – O que fazer em Ilhabela

O que fazer em Ilhabela

Antiga Cadeia e Fórum – O que fazer em Ilhabela

O que fazer em Ilhabela

Praça da Vila e sua Fonte – O que fazer em Ilhabela

Curtimos a praça com o Gui que adorou a brincadeira e o liga/desliga das fontes.

O restaurante possui uma boa comida apesar de não surpreender e um bom atendimento, além do preço justo. Já em Ilhabela como um todo os preços não são tão convidativos assim.

Ao lado do Brasileirinho está  sorveteria D´Aqui Sorvetes. Pergunta se o Gui também não gostou? Rodamos o pequeno centro, entramos em galerias, vimos lojas de roupas e artesanatos além de cafés. Foi gostoso caminhar por ali depois da grande refeição que fizemos.

O que fazer em Ilhabela

Deliciosos sorvetes – D´aqui Sorvetes – O que fazer em Ilhabela

À tarde seguimos para a Praia de Itaguassu. Novamente a escolha foi por causa do Guilherme. Como todas as praias dessa região, essa também possui boa estrutura, águas não agitadas e ainda muitos quiosques. Esse foi perfil de praia escolhido durante todo o final de semana.

Também aconselho conhecer a Praia do Jabaquara, última praia do norte que pode-se ir de carro. A vista é linda e o acesso é feito pela avenida principal, em quase todo trajeto asfaltado. Alguns poucos quilômetros em estrada de terra mas tudo bem tranquilo.

Se você optar pelas praia  do sul pode fazer a seguinte escolha: Conhecer a Cachoeira dos Três Tombos pela manhã. Se prepare para os borrachudos. Eles te atacam! E a Praia Grande à tarde para curtir o lindo pôr do sol. Quando visitei Ilhabela pela primeira vez, não consegui o pôr do sol pois o dia estava muito chuvoso e feio.

Voltamos para o hotel e ainda pegamos uma piscina com o Gui, coisa que ele ama. Com o dia puxado, resolvemos não sair a noite e jantamos no hotel.

O que fazer em Ilhabela

Gui na piscina do hotel – O que fazer em Ilhabela

Sábado – Dia 2

Não saímos tão cedo. Na verdade com criança essa possibilidade quase não existe (rs). Fomos novamente na Praia do Perequê para o Guilherme brincar nos parquinhos e eu dar uma corridinha e ver a movimentação de atletas nos stands montados.

O que fazer em Ilhabela

Praia de Perequê e seus parquinhos – O que fazer em Ilhabela

Corri sentido praias do norte e vi que todas possuem algum diferencial. São bem mais tranquilas do que as praias do sul, uma preferência entre os mais jovens. Inclusive, foram as escolhidas por mim também na minha primeira passagem pela ilha.

Praticar corrida e fazer um pedal em Ilhabela é simples e seguro. As ciclovias e pistas de caminhadas são separadas e cortam a grande maioria das praias. Perfeito para a prática de atividade física além de promover a ideia do uso de transporte alternativo entre os moradores.

O que fazer em Ilhabela

Ciclovias e pista de caminhada – O que fazer em Ilhabela

O que fazer em Ilhabela

Ciclovia e pistas de caminhada – O que fazer em Ilhabela

Minha intenção foi correr até a Praia do Sino para fotografá-la. Não tenho mais fotos da minha primeira viagem e queria indicá-la mostrando a beleza do conjunto – decks e pedras. Ela possui esse nome pelo barulho que a pedra faz quando tocada por algum objeto. Bem interessante! Não consegui chegar até lá. A distancia foi maior do que imaginei e no dia anterior da minha prova, não dá né? Voltei! Recomendo tirar uma manhã ou tarde e curtir a essa praia. No local há restaurante.

O que fazer em Ilhabela

O que fazer em Ilhabela

Quando cheguei, curtimos mais um pouquinho da praia e fomos novamente na vila. Almoçamos e tomamos sorvete (não tinha como não tomar né?). Dessa vez visitamos a Igreja para pedir proteção como sempre fazemos em nossas viagens. Nesse final de semana uma benção especial. Proteção para meu desafio do final de semana.

À tarde, voltamos para o hotel para descansarmos. O plano foi sair à noite com o Guilherme.

O que fazer em Ilhabela

Gui e a outra piscina do hotel – O que fazer em Ilhabela

Ilhabela possui muitos restaurantes interessantes e atraentes. Passamos por vários na orla e alguns com música ao vivo. Chegamos a escolher um que estava fechado para uma festa particular. Estava rolando um show muito legal e acabei perdendo essa. Voltamos para a Vila e fomos para o Mozzarello Pizza Bar. Esse restaurante possui uma estrutura muito boa para crianças, e também frequentado por jovens ou casais.

O que fazer em Ilhabela

Mozzarello Pizza Bar – O que fazer em Ilhabela

Depois que jantamos fomos novamente passear na Vila, dessa vez em um sábado à noite. Muito movimentada e com uma atmosfera deliciosa.

Passamos por lojinhas de artesanato, curtimos caminhar pela elegante Rua do Meio e fomos até o Cais dos Pescadores que fica bem no centrinho. Você deve passar dentro de uma galeria para chegar até ele. Gostoso sentir aquela brisa caminhando bem em ritmo bem devagar.

O que fazer em Ilhabela

Cais dos Pescadores – O que fazer em Ilhabela

Nesse final de semana aconteceu o Festival do Camarão e havia uma grande estrutura montada. Muitas mesas, pessoas se divertindo e um show. Apesar de parecer divertido, era muita confusão para quem estava com criança e tinha uma prova de Triatlo no dia seguinte.

Domingo

Domingo foi o grande dia pra mim. Acordei cedo e desci de bike para a Praia de Perequê, onde foi realizada a largada. Carla e Gui ficaram mais um pouquinho no hotel mas chegaram antes da prova começar.

Participei da prova e fui melhor do que eu esperava. Acredito na experiência extraordinária que é fazer algo que te desafia.

Ficamos para almoçar na Praia do Perequê no Pier 18. Um quiosque muito agradável com preço justo e atendimento diferenciado. Me surpreendi com o local.

Dicas Retrip:

  • Não deixe de levar repelente ou comprar um logo que chegar. Os borrachudos podem surgir a qualquer momento. Confesso que não tivemos grandes problemas mas é melhor prevenir.
  • Escolha no máximo duas praias em cada dia. Ilhabela gera o interesse em sair conhecendo tudo em um tempo curto mas não recomendo! A paisagem e o ambiente é muito agradável para se ter pressa.
  • Há locais com faixa azul e estacionar nas ruas não é tarefa fácil, principalmente quando a cidade está movimentada.

Onde Ficar:

Ficamos hospedados na Pousada… CXXXXX. Fica no XXXX e tem uma vista privilegiada. Os quartos são bons e o restaurante do hotel também. A pousada é um pouco recortada e possui duas piscinas. Uma para crianças menores e outra para adultos. Possui estacionamento mas não é fechado apesar de parecer ser seguro.

 

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

Deixe um comentário