Lavras Novas

O que fazer em Lavras Novas

O que fazer em Lavras Novas
Escrito por Antonio JR

O que fazer em Lavras Novas

Distrito de Ouro Preto, Lavras Novas tem a capacidade de atrair turistas como grandes cidades turísticas. São viajantes que buscam o tradicional friozinho das serras e o caloroso jeito do povo mineiro de ser e atender.

Ruas de pedras e casarios coloniais são as marcas registradas da cidade. Na verdade um pequeno distrito com inúmeras pousadas, restaurantes e receptivos que juntos, proporcionam a você uma experiência fantástica de ver de perto o jeito pacato do cidadão das “geraes”. Além disso a vocação para o ecoturismo está fazendo de Lavras Novas, um destino muito procurado por aventureiros.

O que fazer em Lavras Novas

Vista aérea – O que fazer em Lavras Novas

O que fazer em Lavras Novas

Beleza da cidade – O que fazer em Lavras Novas

Em Lavras Novas é possível caminhar por trilhas, curtir um passeio de bike, andar de quadricículo, saborear uma deliciosa culinária mineira ou até mesmo, internacional em algum dos excelentes restaurantes que a cidade possui. Ou seja, agrada gregos e troianos. Eu sou amante de Lavras Novas e nessa minha quarta passagem pela cidade, vi que muitas coisas estão mudando por lá.

Muitas histórias ilustram a criação da cidade assim como várias lendas que são contadas até hoje pelo cidadãos mais antigos da cidade. Lavras Novas foi chamada carinhosamente de Nova Tiradentes pelos turistas que com o passar do tempo foram descobrindo e vendo a sua semelhança com a cidade de Tiradentes.

Como ir:

Para quem vai de Belo Horizonte, deve pegar a BR 040, sentido Rio de Janeiro e entrar no Trevo de Ouro Preto, na região do Alphaville, na Rodovia dos Inconfidentes. Sentido Mariana e Ponte Nova e entre no trevo no km 95. São mais 7 quilômetros até lá em estrada de terra muito sinuosa.

Para quem vai do Rio de Janeiro, deve pegar a BR 040,sentido Belo Horizonte até o trevo de Ouro Branco, passar por Ouro Branco e seguir a Estrada Real até o km 95 e entrar no trevo. São mais 7 quilômetros até lá em estrada de terra muito sinuosa.

Para quem vai de São Paulo. Pegar a Fernão Dias até Belo Horizonte e seguir a explicação citada acima.

O que fazer?

Trilhas e Cachoeiras:

Se você tem uma “quedinha” por trilhas vai poder curtir algumas opções em Lavras Novas. Uma delas é uma trilha até a Chapada passando pela cachoeira do Castelinho. 10km de trilhas.

Outra trilha bacana é Trilhas e Cachoeiras passando pela Namorados e 3 Pingos. Uma trilha com aproximadamente 15 quilômetros. Já a trilha que leva até a represa do Custódio e o Parque do Itacolomi é mais extensa, tendo aproximadamente 25 quilômetros de extensão.

O que fazer em Lavras Novas

Cachoeira dos Namorados – O que fazer em Lavras Novas

Chapada:

Se Lavras Novas já é um pequeno distrito o que falar de Chapada? Acredito que não chegam a 100 moradores. Está a 7 quilômetros de Lavras Novas e possui atrativos naturais. Algumas trilhas que saem de Lavras Novas passam por chapada mas também há possibilidade de se hospedar por lá.

Vila:

Caminhe despretensiosamente pelo centrinho da cidade onde está a igreja Nossa Senhora dos Prazeres, datada do início do século XVIII. Neste local é evidente o modelo das construções. Casas coloniais com janelas e fachadas que mostram um pouco da nossa rica história. E porque não fazer uma pausa em um dos gramados para um pic nic? Não fiz mas se tivesse acompanhado do meu filho seria uma ótima opção.

O que fazer em Lavras Novas

Igreja N. Senhora dos Prazeres – O que fazer em Lavras Novas

A culinária mineira dispensa comentários mas não é só de comida mineira que os restaurantes se especializaram. Existem outras opções que pode ser facilmente encontradas pela cidade.

O restaurante do “Seu. Domingos” é uma delícia! Comida simples feita em Fogão a lenha e com especialidades mineiras como o Frango com quiabo. Possui preço de 18 reais (maior/16) sem balança vale cada centavo. Por duas vezes eu me esbaldei e por isso recomendo!

O que fazer em Lavras Novas

O que fazer em Lavras Novas

Outra opção é o Pimenta Rosa que possui uma vista fantástica – não deixe de passar alguns minutos curtindo esse visual e deixando os pensamentos soltos. É relaxante e revigora. Nesse caso o menu conta com uma variedade de pratos de culinária internacional. Eu comi o Boi Bravo e estava delicioso, preço do prato individual: R$ 52,00 (maio/16).

O que fazer em Lavras Novas

Rest. Pimenta Rosa – O que fazer em Lavras Novas

O que fazer em Lavras Novas

Vista do Rest. Pimenta Rosa – O que fazer em Lavras Novas

Próximo à igreja existem outros bares e restaurantes. Um bom local para passar a tarde ouvindo boa música (geralmente tem shows ao vivo) em um ambiente descolado e animado.

O que fazer em Lavras Novas

O que fazer em Lavras Novas

Para sua noite recomendo dois restaurantes bem legais. Um mais tradicional é o  restaurante da pousada Carumbé, dentro da própria pousada. A preferência é para os hóspedes mas é aberto ao publico em geral. Sugiro que reserve com antecedência pois em finais de semana mais cheios costuma não haver vagas.  É um ambiente mais animado e todos finais de semana (sextas e sábados) tem música ao vivo.

Outro restaurante agradabilíssimo que recomendo é a Taberna. Iluminação perfeita e excelente para uma noite de vinhos. Gastronomia impecável e em alguns dias com música ao vivo para dar mais animação ao local.

Um passeio de Quadricículo também é muito bacana. Você pode fazer vários percursos que seria de bike ou a pé em menos tempo e ainda curtir um rolê em uma máquina bem legal. Fui na Represa do Custódio em um desses cedido pela Nefelibatas. Empresa que além de ser muito séria, é a que possui o melhor equipamento da cidade. Segurança e conforto acima de tudo, além disso o pessoal é muito gente fina!

O que fazer em Lavras Novas

Nefelibatas – O que fazer em Lavras Novas

O que fazer em Lavras Novas

Quadricículos da Nefelibatas – O que fazer em Lavras Novas

Lendas do Local:

É muito comum nas cidades mineiras, os “causos” serem repletos de lendas. É cultura popular.

Em Lavras Novas a mais famosa diz respeito às aparições de Nossa Senhora dos Prazeres. Os “mais antigos” moradores de lá dizem a santa aparecia para os pais e avós. Em alguns casos aparecia vestida de Azul e Branco e em outros somente de branco, no caso da segunda, ela vinha entre nuvens. Devido a essas aparições, foi construída uma ermida para a santa.

Outra lenda bastante famosa na cidade é relacionada ao Portão de Ouro. Antigamente havia um portão que indicava o caminho para Ouro Preto. O percurso era feito com apenas 30 minutos. O portão desapareceu com uma grande tempestade que inundou parte do distrito.  Depois disso, quando querem passar pela Serra, as pessoas que se dirigem ao local avistam um portão de ouro, mas todos aqueles que tentaram transpô-lo nunca mais voltaram. Quem se arrisca a atravessar o portão sempre encontra um bando de morcegos que empurra as pessoas para trás, impedindo-as de entrarem. As que insistem acabam desaparecendo.

Onde dormir

Em Lavras Novas existem cerca de 30 hotéis e pousadas. Muitos deles, pequenas e agradáveis pousadinhas e em alguns casos pousadas Maiores. Vou dar um apanhado das minhas experiências.

Pousada Pedra do Macaco – Fica na Chapada e possui chales e quartos gostosos. Simples mas atrai pelo preço e o que disponibilizam. Ficar na pousada e curtir uma noite de neblina baixa com uma boa garrafa de vinho é uma excelente opção.

Pousada Carumbé – Uma das mais requintadas de Lavras Novas. Se você está hospedado na pousada tem vaga garantida no restaurante que é uma bela opção noturna. Contém quartos confortáveis e amplos.

Pousada Vila das Cores – Uma pousada que tem bom custo/benefício. Não me hospedei mas em duas vezes que fui, amigos ficaram hospedados nela e adoraram. Se quiser saber mais ou reservar clique aqui.

Há também a possibilidade de alugar casas mas eu nunca utilizei esse método.

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

Deixe um comentário