Petrópolis

O que fazer em Petrópolis

O que fazer em Petrópolis
Escrito por Antonio JR

O que fazer em Petrópolis

Um final de semana perfeito na cidade de Petrópolis – RJ, além de superdivertido, na companhia de vários blogueiros. Nos aventuramos por trilhas, cachoeiras, cervejarias, petiscarias e ainda demos um rolê de bike em um local maravilhoso. Esse foi um encontro muito descolado que contou com a participação de 10 conceituados blogueiros de viagens que, além de confraternizarem de montão, buscaram aproveitar muito o que a cidade tem a oferecer. Quando recebi o convite das Meninas, Gaia e Nanda, do blog Malas de Aventuras nem titubeei, falei com a Carla, minha esposa, e confirmei tudinho. Desta vez foi uma viagem a dois, pois deixamos o Gui com os avós.

Nossa chegada, sexta feira –  Confraternização

Saímos por volta das 14h de São João del Rei. São 4 horas aproximadamente até Itaipava (onde ficamos hospedados). Quase toda a viagem pela BR 040. Quando chegamos, resolvi dar uma volta pelo distrito e parar no Shopping Estação Itaipava para um reconhecimento de local. A Carla quis olhar algumas roupas mais esportivas, pois eu não detalhei para ela a programação, por isso, ela não levou opções mais aventureiras.

Após algum tempo caminhando, vendo o charmoso comércio de Itaipava, seguimos para o Bomtempo Resort. Quer ver nosso post sobre o hotel? clique aqui. Passamos no hotel para tomar um banho, sem perder tempo, pois a agenda estava bem cheia para o prazo que tínhamos.

A primeira reunião da galera foi na Cervejaria Buda Beer em Petrópolis. Não imaginava que era tão distante do hotel. Gastei um pouco mais de 1 horas para chegar até lá. Mesmo atrasado me enturmei rapidamente, já conhecia todos pela net e como eu já tinha esbarrado com alguns por aí, foi mais simples do que imaginava. Galerinha show!

Cervejaria Buda Beer é uma gostosa opção noturna de Petrópolis. Eles produzem sua própria cerveja e chopp. Provei e achei muito gostoso. Fizemos um tour guiado com o proprietário do local, que explicou o procedimento de produção. Como costumo sempre visitar fábricas de cervejas artesanais, para mim não houve nenhuma novidade. Sobre o chopp? Achei mesmo delicioso. A variedade do cardápio não é grande, mas os sanduíches são bem legais. Podem conferir!

O que fazer em Petrópolis

Cervejaria Buda Beer – O que fazer em Petrópolis

Depois de muita prosa, altos chopps e muitas fotos, fomos para o hotel descansar pois o dia seguinte seria “bem puxado”. Caminhada em Trilha seria nosso itinerário pela manhã.

Primeiro dia, sábado – Trilhas no PARNASO

Nosso encontro continuou no distrito de Correias, onde partimos para o PARNASO (Parque Nacional da Serra dos Órgãos). A Sede fica afastada e em um caminho bastante sinuoso e irregular. É bom ter bastante cuidado, pois além das curvas da pista, ele está localizado em uma zona periférica da cidade com muitas pessoas e crianças correndo pelas ruas. É bom ter muito cuidado.

O que fazer em Petrópolis

PARNASO – trilhas e poços – O que fazer em Petrópolis

O que fazer em Petrópolis

PARNASO – trilhas e poços – O que fazer em Petrópolis

O que fazer em Petrópolis

PARNASO – trilhas e poços – O que fazer em Petrópolis

Chegamos com a intenção de fazer o Circuito das Bromélias incluindo a cachoeira Véu de Noiva, mas logo desistimos. O dia estava bastante nublado e com aspecto de chuva e além disso, segundo o pessoal do parque, não havia um volume de água legal para que pudéssemos curtir a cachoeira.

Partimos para conhecer o primeiro poço – Poço Paraíso. A trilha é muito simples e fácil de fazer. Não pense que é necessário subir grandes montanhas ou caminhar durante horas. Uma trilha curta e de nível fácil. O visual é muito bacana!

O que fazer em Petrópolis

PARNASO – trilhas e poços – O que fazer em Petrópolis

Logo em seguida fomos conhecer o Poço das Bromélias. Beleza natural exuberante e um delicioso local para um banho de cachoeira. Como a água estava muito fria, eu recuei. Já as meninas…Olha só, quanta coragem!

O que fazer em Petrópolis

Poço das Bromélias – O que fazer em Petrópolis

Tinha me perdido do pessoal logo no início da trilha e não recebi o kit que foi feito cuidadosamente pelas meninas. Lá em cima a fome apertou, mas acabei sendo presenteado com o kit da própria Nanda. Iogurte, granola e frutas foram a salvação. Valeu Nanda! (rs)

Segundo Tempo, sábado – Compras em Santa Tereza

Saímos do PARNASO e resolvemos esticar até a famosa Rua Santa Tereza para passar a tarde rodando, e porque não comprando roupas e acessórios? A Carla partiu para um lado da rua enquanto eu, o grande “parça”  Maurício do Trilhas e Aventuras e seu amigo Yuri fomos pra outra banda. Meu GPS não estava colaborando e para todo lugar que eu fosse ele dava algum tipo de problema, e ainda me mandava para lugares diferentes. Cuidado com o GPS em Petrópolis, pois o meu ficou “perdidinho”. Com isso, perdi muito tempo para deslocar até a famosa rua de compras. Para não perder mais tempo, almoçamos em um restaurante self service dentro do Shopping Bauhaus. Como já passava das 15h, não posso avaliar o restaurante. Nesse horário a qualidade não é das melhores em qualquer estabelecimento.

O que fazer em Petrópolis

Rua Santa Tereza e sua grande movimentação – O que fazer em Petrópolis

A Rua Santa Tereza é um excelente local para comprar muito e gastar pouco. Para quem procura roupas de moda é um “prato cheio”. A produção própria, de muitas lojas, colabora com o preço das coisas. É claro que, como todo grande centro comercial, existem roupas de diversas qualidades, assim como diversos preços. Fomos em um sábado, por isso, a situação estava complicada. As lojas cheias e uma grande dificuldade de procurar e encontrar algo com mais calma.

O que fazer em Petrópolis

Rua Santa Tereza e seus quitutes – O que fazer em Petrópolis

Terceiro Turno, sábado a noite – Agito em Itaipava

A confusão da Rua Santa Tereza e GPS esquisito acabou fazendo com que perdêssemos um passeio na Kombi da Lithium, previsto para o final da tarde, e também o Festival de cerveja artesanal no local, no início da noite. Como ficamos hospedados em Itaipava, há mais de uma hora do centro de Petrópolis, preferi seguir para o hotel e me preparar para o terceiro turno que prometia pegar fogo.

O que fazer em Petrópolis

Restaurante Faustino em Itaipava – O que fazer em Petrópolis

Nos encontramos às 21h no Restaurante Faustino em Itaipava. Um ambiente super legal que recomendo de olhos fechados. Uma excelente comida, drinks deliciosos e música de ótima qualidade esquentaram nossa noite. Itaipava é reduto de bons restaurantes e você sempre terá inúmeras boas opções, mas o Faustino surpreendeu a mim e a muitos blogueiros que adoraram a experiência.

Ultimo dia, domingo – Centro de Petrópolis e Atrações culturais

Acordei cedo e fui para o centro de Petrópolis. Como não foi minha primeira vez em Petrópolis, eu já conhecia muitas atrações. Porém, como foi a primeira vez da Carla, eu optei por dar uma volta com ela pelo centro turístico da cidade. A galera partiu para Araras, mais especificamente no Galpão Caipira, Vale das Videiras, 1 hora de Petrópolis para dar uma circulada com a bike.

Eu e a Carla passamos a manhã percorrendo as atrações da cidade. Tudo rapidamente, sem entrar em nenhuma delas, exceto a Catedral Metropolitana, onde assistimos uma parte da missa dominical. Eu já visitei algumas atrações da cidade imperial:

Lugares para conhecer:

Catedral São Pedro de Alcântara: O estilo gótico das suas torres é inconfundível. Tão bonita durante o dia quanto à noite. Uma iluminação dá mais destaque a essa belíssima construção. Seu interior também mostra exuberância assim como seus vitrais. Logo na entrada há um local com estátuas simbolizando os corpos de Dom Pedro II, da Imperatriz Tereza Cristina, da Princesa Isabel e seu marido Conde D´eu.

O que fazer em Petrópolis

Catedral Dom Pedro de Alcântara – O que fazer em Petrópolis

Museu Imperial: Ele possui um bosque grande em sua frente e ainda uma área externa com jardins bonitos e conservados. De fora parece grande e imponente, mas não é tão grande assim. Possui um acervo de quadros e móveis da época do império. Fotos somente na parte externa.

O que fazer em Petrópolis

Museu Imperial – O que fazer em Petrópolis

O que fazer em Petrópolis

Museu Imperial Bosque – O que fazer em Petrópolis

Palácio de Cristal: Um jardim bonito e muito próximo do Museu Imperial. O palácio foi inspirado em outros dois Palácios de cristais, Porto e Londres. Datado do final do século XIX, 1884 para ser mais preciso, o Palácio conta com uma área externa interessante para os pais que estão com crianças. Pensava constantemente no meu Gui correndo por aquele gramado.

O que fazer em Petrópolis

Palácio de Cristal – O que fazer em Petrópolis

Quintandinha: Nessa passagem por Petrópolis eu não o visitei. Como eu já o conhecia e ele fica mais afastado do centro, não retornei para uma nova visitação. O Quitandinha foi o maior cassino da América Latina e é do início do século XX. Há visita guiada, mas isso ficarei devendo para vocês.

Passeio de Charrete: Também chamado de passeio de Vitória em homenagem a Rainha Vitória da Inglaterra, circula pelos pontos turísticos por um valor de 50 reais. Negocie, pois caso você queira tirar fotos de onde passar, esse valor pode aumentar. O mais interessante é que os cavalos usam fraldas e isso impede que a cidade fique com restos fecais, mantendo a cidade limpa.

O que fazer em Petrópolis

Passeio de Charrete – O que fazer em Petrópolis

Casa da Ipiranga: Também chamada popularmente de Casa dos 7 erros devido às diferenças em cada lado da construção, ela é aberta à visitação.

Casa de Santos Dumont: Inventor do 14 bis, a casa é uma espécie de museu que conta um pouco de sua vida e trajetória.

Palácio Amarelo: Está no centro de Petrópolis e atualmente é a Câmara Municipal de Petrópolis.

Veja mais sobre cada uma dessas atrações em Dicas de Petrópolis.

Vale das Videiras

O pessoal foi mais cedo para o Galpão Caipira, para fazerem o tour de bike. Novamente, meu GPS me atrasou horrores. De qualquer forma, consegui chegar ainda no final do passeio e pegar a galera por lá. O pessoal do Galpão disponibilizou as bikes para que a eles fizessem o circuito para iniciante, que são 12 quilômetros. É bom ressaltar que o Vale das Videiras é um local com muitas trilhas para todos os níveis de ciclistas. Em todas elas, o visual é fantástico (depoimento dos outros blogueiros).

O que fazer em Petrópolis

Vale das Videiras – O que fazer em Petrópolis

O que fazer em Petrópolis

As bikes novinhas que eles oferecem para os ciclistas alugarem

O pessoal do Galpão ainda cuida do seu passeio. Se preocupam com a segurança dos clientes, disponibilizam lanches e toalhas na chegada ao poço São Pedro (trilha que a galera acabou fazendo). No retorno você pode utilizar os banheiros preparados especialmente para receber os clientes. Oferecem toalhas e produtos de banho por um valor de 20 reais.

De lá eu retornei para São João del Rei, pois a saudade do meu garoto já estava ficando insuportável. O pessoal seguiu para a recém inaugurada Hamburgueria Dom Gourmet. As fotos que os blogueiros postaram no grupo foram me deixando com água na boca. Uma pena não estar com eles nesse momento, mas minha causa era nobre e minha vontade de voltar era grande.

O 1º Encontro Imperial foi um evento de blogueiros promovido pelas meninas Gaia e Nanda, do blog Mala de Aventuras, no qual tivemos a honra de ter sido convidados para participar. Aprendemos muito com todos os participantes durante esse fim de semana de aventuras em Petrópolis, Itaipava e Araras.

Participaram do Encontro Imperial

Aventuras da Lu | @aventurasdalu
Deixa de Frescura | @deixadefrescura | www.deixadefrescura.com
Loucos Por Viagem | @loucosporviagem | www.loucosporviagem.com.br
Retrip | @retrip | www.retrip.com.br
Roda Mundo | @roda_mundo | www.rodamundo.net.br
Trilhando Montanhas | @trilhandomontanhas | trilhandomontanhas.com.br
Trilhas e Aventuras | @aventureiros | www.trilhaseaventuras.com.br
Vamos Pra Onde | @vamospraonde | www.vamospraonde.com
Viagens E Outras Histórias | @viagens.e.outras.historias | viagenseoutrashistorias.com.br
Viajadora | @viajadorablog | www.viajadora.com

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

2 Comentários

Deixe um comentário