Tasmânia

O que fazer na Tasmânia Austrália

Tasmania Australia - Cradle Mountain
Escrito por Joanna Romano

O que fazer na Tasmânia Austrália

Eu moro na Austrália tem quase três anos e já tive a oportunidade de viajar por todos os estados. Não tem um que eu não tenha gostado mas a Tasmânia roubou o meu coração!

Muitas pessoas que já estiveram na Nova Zelândia falam que a Tassie (como é carinhosamente chamada pelos australianos) é uma mini Nova Zelândia por causa de suas paisagens deslumbrantes.

Eu fiz duas viagens para a Tasmânia em épocas diferentes e já estou planejando a terceira.

Aqui vai uma lista dos meus lugares favoritos por lá:

Bay of Fires:

Uma região de praias exuberantes conhecida pelas suas pedras alaranjadas, areia branca e água cristalina.
O melhor de tudo é que dá pra ficar hospedado nesse pedaço de paraíso sem precisar gastar rios de dinheiro! O camping Jeanneret Bay Campsite é gratuito e tem acesso direto a uma das lindas praias de Bay of Fires.

Tasmania Australia - Bay of Fires pedras

Tasmania Australia – Bay of Fires pedras

Freycinet National Park:

Antes de ir pra Tasmânia esse era um dos lugares que eu mais queria conhecer. Esse national park é o lugar ideal para quem ama praia e montanha e não consegue escolher um só.

Quando eu estive em Freycinet optei por fazer a trilha para o topo do Mt Amos e essa foi uma das trilhas mais memoráveis que eu já fiz aqui pela Austrália (e olha que não foram poucas!).

A trilha em si não é muito longa (dá pra fazer subida e descida em menos de 3 horas) mas o trajeto tem partes bem íngremes onde “escalaminhar” é preciso. Algumas partes também são bem escorregadias e o uso do calçado certo faz toda a diferença.

Ao longo do caminho a vista já surpreende mas a cereja do bolo mesmo é quando você chega no topo e consegue ver a famosa Wineglass Bay, um dos cartões postais da Tasmânia. Eu fiquei no mínimo uma hora lá em cima apreciando a paisagem!

Onde passei a noite: Freycinet National Park CampsiteColes Bay. Esse camping tem acesso à praia e banheiro com chuveiro de água fria. Pagamos na época AUD$23 para duas barracas e éramos 4 pessoas no total.

Cape Tourville Lighthouse:

Se você estiver próximo, recomendo assistir o nascer do sol desse farol. Além de ter pouquíssima gente nesse horário, a vista é maravilhosa. Tenho certeza que você não vai se arrepender de ter acordado cedo!

Cradle Mountain National Park:

Se eu tivesse que escolher apenas um lugar para conhecer na Austrália inteira, Cradle Mountain seria esse lugar!
Esse national park é um prato cheio para os amantes da natureza. Com florestas que parecem cenários de contos de fadas, cachoeiras, lagos e montanhas é impossível ficar entediado no meio de paisagens tão variadas. Por lá você também encontra trilhas para todos os gostos e níveis de condicionamento físico.

Eu fiz a Enchanted Walk, a Pencil Pine & Knyvet Falls walk, que foram muito tranquilas e curtas. Demorei menos de uma hora para fazer as duas caminhadas.

Foi nesse National Park que eu fiz a trilha mais incrível da minha vida, a trilha para o topo da Cradle Mountain. Foram 8 horas de trilha no total, com muitos momentos desafiadores onde eu pensei em desistir, mas as paisagens de tirar o fôlego me lembravam constantemente do porque de eu estar ali.

Ficamos no Discovery Parks e pagamos AUD$66 (4 pessoas em duas barracas) em um camping com banheiro e chuveiros de água quente.

Tasmania Australia Cradle Mountain Topo

Tasmania Australia – Cradle Mountain Topo

Waterfall Bay:

Fiz essa trilha na segunda vez que estive na Tasmânia e me encantei com a vista dos penhascos beira-mar que estão entre os mais altos da Austrália. Os diversos tons de azul do mar também não deixam nada a desejar.

A trilha é considerada moderada e o trajeto ida e volta dá para ser feito tranquilamente em menos de duas horas.

Tasmania Australia Waterfall Bay

Tasmania Australia – Waterfall Bay

Shipstern Bluff:

Infelizmente não consegui completar essa trilha por causa da chuva, mas o pouco que vi foi suficiente para saber que esse lugar merece estar no roteiro de quem visita a Tasmânia.

São 8km de trilha considerada moderada.

Tasmania Australia -  Shipstern Bluff

Tasmania Australia – Shipstern Bluff

Mount Wellington – The Pinnacle:

Subi o Mt Wellington de carro e ao chegar lá em cima quase fui levada pelo vento. Nunca tinha estado em um lugar que ventasse tanto!

Do mirante dá pra ver a cidade de Hobart, mas por causa da ventania não consegui ficar muito tempo exposta. Por sorte lá em cima tem um deck de observação fechado, onde você pode curtir o visual pelo vidro sem correr o risco de sair voando!

Dica Retrip: Para visitar alguns parques nacionais da Tasmânia é preciso pagar uma taxa. Dependendo do número de parques que você for visitar, vale a pena comprar o Holiday Vehicle Pass que custa AUD$60 por veículo e cobre até 8 pessoas – esse passe é válido por 8 semanas. Dá para comprar esse passe online no site https://passes.parks.tas.gov.au/ , dentro do

Tasmania Australia -  Cradle Mountain

Tasmania Australia –
Cradle Mountain

que vai de Melbourne a Devonport e também nos centros de visitação na Tasmânia.

Quanto aos campings pagos recomendo reservar pelo telefone com uma certa antecedência, especialmente se for alta temporada.

Freycinet National Park Campsite: +61 36256 7000
Discovery Parks Cradle Mountain: +61 36492 1395

Tasmania Australia - Mt Wellington

Tasmania Australia – Mt Wellington

Outros lugares em que fiquei hospedada na Tasmânia:

  • Port Arthur Holiday Park
  • Riverfront Motel & Villas Hobart

Sobre o autor

Joanna Romano

Sou aventureira e apaixonada pela vida nômade, estou na estrada desde 2007. Quando saí do Brasil pela primeira vez para fazer um intercâmbio de Au Pair na Alemanha e vivo viajando desde então. Atualmente moro em Melbourne na Austrália e escrevo sobre esse canto do mundo que eu AMO. Além disso, vocês podem acompanhar minhas aventuras pelo mundo no meu Instagram @fitbackpacker.
Aventureira e apaixonada pela vida nômade, a Joanna está na estrada desde 2007. Ela saiu do Brasil pela primeira vez para fazer um intercâmbio de Au Pair na Alemanha e vive viajando desde então. Ela compartilha todas as suas aventuras pelo mundo no Instagram

Deixe um comentário

--