Filosofia de Viagem Top Listas

Porque Viajar é vital? 15 motivos!

Escrito por Antonio JR

Porque Viajar é vital? 15 motivos!

Ouvimos dizer a todo momento que viajar revigora os ânimos, descansa a mente e te motiva para muitas outras coisas da vida. Acompanhamos nas redes sociais, frases de viagem, de pensadores, escritores ou anônimos relatando que viagens são como oxigênio para os nossos dias atuais e nosso estilo de vida. Eu também penso dessa forma, mas não me esqueço de colocar o exagero de lado. Viagens ajudam na construção do seu “eu”, ajudam na tomada de decisões, mas nunca é garantia de extrema felicidade. Uma partida pode proporcionar aprendizado, mas se você não absorvê-los, o retorno faz dela obsoleta.

Viajar é uma ação viciante. Nos leva a um outro lugar mesmo sem precisar de nossos pés chegarem lá. Nos faz acreditar que veremos um novo mundo, desconhecido ou nem tanto, mas só faz jus se virarmos nossos olhos para nossa vida, nosso cotidiano e nossos verdadeiros obstáculos. Ao olhar pela janela, o mundo em sua volta é importante se não esquecermos de olhar a nossa própria vida sob outra perspectiva. Aprendizado também é isso!

Pensando nisso, enumerei 15 motivos que demonstram que viajar é realmente vital. Elaborei com muito cuidado tentando não deixar nada de fora. Tarefa bem mais difícil quando limitamos o número de dicas.

Respirem fundo e curtam nossa listinha:

1 – Eleve-se.

A cada viagem, um aprendizado. Elas nos colocam cara a cara com novas culturas, diferentes gastronomias, diferentes personalidades ou lugares que nos fazem encher o peito com o ar do conhecimento. Nos fazem também acreditar que, toda a dimensão desse nosso mundo tem um propósito, elevar nossa intelectualidade e nos tornar melhores. Por isso, a gente deve estar lá, conferindo.Viajar

2 – Qualidade de vida.

O stress ronda nossa vida. É o trabalho, as dificuldades do dia a dia. Às vezes algo quer fugir ao nosso controle e traz grandes consequências imunológicas. Estar bem, deve ser plano fundamental da sua vida. Viajar controla o stress, te motiva e te fortalece.Viajar

3 – Auto conhecimento.

Neste mundo acelerado, onde o dia já amanhece cheio de propósitos, cobranças e obstáculos, é importante estar bem e confiante. Essa busca que os dias atuais nos impulsiona, pode fazer com que percamos algumas referências. Ter outras perspectivas de si mesmo e do mundo (e a viagem lhe permite isso) te faz reencontrar com o seu eu interior e te bota de frente com seus antigos e novos valores.Viajar

4 – Equilíbrio do corpo e da mente.

Quando viajamos presenciamos diferentes tipos de sociedade e entendemos que todas tem suas características positivas e negativas. Compreender isso nos faz perceber que não somos o centro do universo e principalmente dos problemas do mundo. Aprendemos muitas coisas com outras culturas que, muitas vezes, de longe, imaginamos ser o que não é de fato.

5 – Viajar é investimento e não é para poucos.

Alguns pensam que viajar é caro e eu posso garantir que não é. Não estamos falando de viagens em todos finais de semanas e muito menos de roteiros classificados como exorbitantes em alguns lugares badalados do mundo. Qualquer viagem é válida desde que, você tenha interesse em fazê-la. Conhecer, mesmo que algum lugar pertinho de você, pode ser uma excelente opção! Dalai Lama enfatiza: “Pelo menos uma vez ao ano vá a algum lugar que nunca tenha ido antes.” Entendeu o “algum lugar”?

6 – Explorar.

Nós humanos precisamos disso. Nossa essência pede isso. Aprender a lidar com os desafios nos faz evoluir como pessoa. Já que a vida nos apresenta tantos deles, nada como utilizar  uma viagem como ferramenta para enfrentá-los.Viajar

7 – Sair da inércia.

Saímos da nossa zona de conforto para aproveitarmos o que o mundo nos possibilita. Enxergamos, nesse momento, o que somos dentro da realidade da vida. É um banho de humildade na nossa opinião. Se por acaso acreditamos estar acima de tudo e de todos, esse é um bom momento para reavaliarmos nossa conduta.Viajar

8 – Valorizar o que é nosso.

Já parou para pensar como é bom viajar, não é mesmo? Tenho certeza que também já sentiu, estando viajando, uma saudade imensa de sua casa, sua família e seus amigos. Viajar é assim. Traz alguns valores que as vezes ficam esquecidos pela corrosiva ação do cotidiano. Aprendemos a dar valor ao pouco e ao que já pertence a nós e não ficamos só admirando a grama do vizinho.

9 – Sentir-se capaz.

Muitos acreditam que uma viagem pode ser perigosa, que não dará conta de entender um idioma diferente, que não conseguirá se locomover, que não chegará ao objetivo traçado. Quando viajamos vemos que não é nada disso. Dificuldades aparecem, perrengues teimam em nos acompanhar, mas a sensação de liberdade e a nossa capacidade de fazer as coisas acontecerem geram um bem estar enorme, a ponto de não cabermos dentro de nós mesmos. Portanto, coragem!Viajar

10 – Reais companheiras.

As viagens lhe acompanharão por vida toda. As lembranças, as risadas, os perrengues,  os lugares antes não imaginados por você serão suas companhias. Isso lhe trará uma sensação de nostalgia gostosa de sentir.

11 – Divirta-se.

Não importa o tempo chuvoso, o transporte às vezes tão demorado, uma atração desperdiçada, nada disso importa. No final sempre nos divertimos, se quisermos e soubermos aproveitar, mesmo se ocorrerem contratempos. E o bom humor faz um bem a vida, não é mesmo?Viajar

12 – Oportunidade de reinvenção.

Nunca voltamos como fomos, não é mesmo? Em viagens nos reinventamos a cada dia, o contato com o desconhecido faz a gente rever conceitos para nos tornarmos melhores. Nos sentimos mais vivos e despertamos para alguma habilidade que nem pensávamos ter. Somos mais despretensiosos e curiosos, facilitando a aquisição de novas habilidades.

13 – Clichê, porém verdadeiro.

Nunca aprendemos mais de geografia do que quando viajamos. E o melhor, um aprendizado para toda a vida.

14 – Aprendizado.

Já parou pra pensar que em uma viagem ao exterior, a vontade de aprender o novo idioma pode invadir seu corpo? Pois então, aprender uma outra língua pode ser uma ótima alternativa para melhorar as conexões do cérebro, aguçar a memória, tornar-se mais confiante e ainda por cima se valorizar. Talvez você não tenha pensado nisso.Viajar

15 – Ótimas recordações.

Uma ótima ferramenta para manter sempre muito viva a lembrança de uma viagem é trazer algo dela. Um souvenir, uma vestimenta, moedas ou seja lá o que for de seu interesse. Assim como as tradicionais fotografias e álbuns, esses artefatos guardam no canto da memória alguma lembrança deliciosa da viagem.Viajar

Fiz com muito carinho essa lista. Pensei em tudo que conquistei e venho colecionando ao longos dos anos, toda vez que faço uma viagem. Tenho preferências, não posso negar, mas tento ser o mais eclético possível, me aventuro, mas sempre com planejamento para que as coisas possam dar certo.

Bônus:

O cotidiano de uns é diferente do cotidiano de outros. Viver esse cotidiano nos fazem perceber certas diferenças que nos deixam mais flexíveis no nosso trabalho, na convivência familiar, na criação de filhos. Lembrem-se que aprender nunca é excessivo.

Você acredita que viajar possa trazer algum outro aprendizado que não foi mencionado acima? Ah, então me conta porque quero aprender junto com vocês.

Reserve seu hotel com a gente, vai.

Booking.com

Nosso blog tem parceria com a Booking.com. Uma reserva através do blog ajuda a mantê-lo pois ganhamos uma pequena comissão. O preço não altera e você pode contar com a qualidade Booking.com em suas reservas. Com cancelamento grátis! É muito simples e seguro.

Clique em :

Booking.com – Hoteis em qualquer lugar do Mundo 

Venha pra nossa Rede:

Facebook   Google+   Instagram

 

 

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

22 Comentários

Deixe um comentário