Sri Lanka

Safari no Sri Lanka

Safari no Sri lanka
Escrito por Antonio JR

Safari no Sri Lanka

Recentemente estive no Sri Lanka e realizei o meu sonho de ver elefantes em seus habitats naturais. Quem me conhece sabe que elefantes são os meus animais favoritos e o quanto eu esperei por esse momento!

Antes de contar sobre a minha incrível experiência, vou falar um pouquinho sobre como nós turistas podemos fazer a diferença.

Safari no Sri lanka

Safari no Sri lanka – back of beyond tree house

Muitas empresas de turismo usam animais para fazer dinheiro, e infelizmente, muitas pessoas acabam incentivando esse tipo de turismo cruel por falta de informação (pelo menos é o que eu prefiro acreditar).

Uns anos atrás talvez eu tivesse topado fazer um passeio de elefante, pois na minha cabeça eu jamais imaginaria que o peso de um ser humano os pudesse machucar. Hoje em dia, depois de ter lido bastante sobre o assunto e de ter me dado conta do péssimo tratamento que essas majestosas criaturas recebem para serem domesticadas, eu acho que é a minha obrigação como escritora de viagens alertar os meus leitores.

O primeiro elefante que eu vi no Sri Lanka estava acorrentado a um poste na beira de uma estrada, e nesse poste tinha uma placa com os dizeres “Elephant Ride” (passeio de elefante). Meu coração quebrou em mil pedaços e uma sensação enorme de impotência tomou conta de mim. Umas horas depois eu vi um casal de turistas fazendo o tal passeio e eu fiquei me perguntando se eles tinham noção do mal que estavam fazendo ao pobre bichinho.

As nossas ações têm um impacto no nosso planeta muito maior do que imaginamos, e pequenas atitudes já fazem uma diferença enorme. Nós viajantes “usamos e abusamos” desse mundão, então nada mais justo do que fazermos a nossa parte para preserva-lo.

Na hora de planejar a sua viagem pesquise muito sobre as empresas que você vai contratar e não participe de tours que envolvam contato direto com os animais (nadar com golfinhos e afins).

Existem diversos santuários falsos espalhados pelo mundo. Essas instituições fingem resgatar animais que sofrem de maus tratos, mas na verdade eles roubam os bichos do seu habitat natural ou os compram no mercado negro. Esses falsos santuários colocam os bichos em jaulas ou os acorrentam assim que o público vai embora e a única maneira de evitar contribuir com esse tipo de crueldade é pesquisando.

Não faz sentido a gente ignorar o sofrimento que esses bichos passam só por causa de uma selfie. Elefantes, tigres, cobras, macacos, bichos-preguiça, golfinhos e etc não existem para nos entreter – ANIMAL NÃO É ENTRETENIMENTO!

Se você quiser saber um pouco mais sobre a verdade por trás dos passeios de elefantes, recomendo esse vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=bfGZpaXEZvE

Agora vamos voltar ao assunto original do post!

Na minha viagem ao Sri Lanka eu tive a oportunidade de ir em dois safaris diferentes, e vou compartilhar com vocês a minha experiência em cada um deles:

Kaudulla National Park

Eu estava hospedada em um eco lodge em Pidurangala chamado Back of Beyond (super recomendo por sinal), e nos arredores tem dois parques nacionais onde você pode ver elefantes. Um deles é chamado Minneriya e o outro Kaudulla.

Antes de chegar no Sri Lanka, eu estava certa de que iria fazer o no Minneryia National Park.

Safari no Sri lanka

Safari no Sri lanka – kaudulla Jeep

Porém ao conversar com o gerente do Back of Beyond, ele recomendou que eu fizesse o safari no Kaudulla por ser menos turístico. Como ele é nascido e criado na região e trabalha no eco lodge tem mais de 11 anos, eu resolvi seguir a dica dele.

Fiz a reserva do passeio com ele pela manhã e às duas da tarde o meu guia me buscou em um Jeep.

A viagem até o national park demorou um pouco mais de uma hora e assim que entramos no parque avistamos dois elefantes.

É difícil colocar em palavras o que eu senti naquele momento. O guia desligou o carro e eu fiquei admirando os dois elefantes passeando livres bem ali na minha frente.

Depois de uns dez minutos seguimos viagem e quando eu olhei para um lago que tinha na distância não acreditei- Tinha mais de cem elefantes!

O guia então chegou mais perto do lago e para todo lado que eu olhava tinha elefante! Ficamos parados por ali com o carro desligado por mais de uma hora e eu posso afirmar sem a menor sombra de dúvida que aquele foi um dos momentos mais especiais da minha vida!

Onde se hospedar para fazer o safari no Kaudulla National Park: Back of Beyond Pidurangala – https://www.backofbeyond.lk/locations/pidurangala.html

Eles tem quartos normais, mas eu fiquei hospedada em uma das casas na árvore e amei a experiência!

Preço do safari: Jeep – USD $45 + Entrada do parque para duas pessoas: LKR 4,800 (um pouco mais de USD $30)

Duração do safari: 4 horas

Udawalawe National Park

Esse national park eu acabei conhecendo por acaso. Eu fui para o Sri Lanka para participar de um torneio de Tuk Tuk (aqui tem um post com mais informação sobre o torneio), e um dos desafios era ir em um safari. Como eu estava viajando junto com um grupo e o pessoal todo decidiu fazer o safari, resolvi ir junto.

O nosso guia nos buscou na nossa acomodação antes das sete da manhã e em menos de uma hora já estávamos no parque.

Safari no Sri lanka

Safari no Sri lanka – Udawalawe

Esse safári foi super divertido pois estávamos em um grupo grande. Não vi tantos elefantes quanto vi em Kaudulla, mas valeu muito a pena ter ido. Um elefante chegou super perto da gente e ficou andando lado a lado com o Jeep.

Tinha chovido bastante na noite anterior, e o parque estava um lamaçal só. Atolamos umas 2 vezes e o pessoal que tava no lado da roda atolada ficou coberto de lama!

Safari no Sri lanka

Safari no Sri lanka – kaudulla national park

Esse passeio valeu mais pela experiência geral, mas se eu tivesse que recomendar apenas um National Park, eu recomendaria o Kaudulla.

Onde se hospedar: Eu fiquei hospedada em Udawalawe mesmo, mas como estava viajando em grupo nós alugamos uma casa.

Preço do safari: LKR 9000 para duas pessoas e inclui Jeep + entrada do parque (mais ou menos USD$ 60)

Duração do safari: 4 horas

*Nos safaris os turistas não podem sair do Jeep, e muito menos encostar nos elefantes*

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

Deixe um comentário

--