Destaque Itália

Como planejar sua viagem para a verdadeira Itália?

Escrito por Antonio JR

Esse é um guest post, escrito especialmente para o Retrip por Ana Grassi. Ana é  professora de língua e cultura italiana, advogada especializada em cidadania italiana e apaixonada pela Itália! Trabalha com promoção do turismo da Itália no Brasil e viagens especiais há mais de 10 anos e há 3 anos lançou o blog ITALIAna, com informações práticas e dicas exclusivas para que sua viagem para o Bel Paese seja única e especial!


A Itália não é um destino qualquer de viagem. A Itália é o país onde os seus mais desejados sonhos estão guardados… esperando para um dia serem realizados.

Afinal, quem nunca sonhou em fazer um passeio romântico de gôndola em Veneza, em voltar 2 mil anos no tempo dentro do Coliseu, em tomar um Brunello admirando as colinas de Motalcino ou em acelerar uma Ferrari em Maranello?

Se você é um descendente de italiano, então, a coisa é ainda mais grave. Conhecer a Itália é quase um “chamado”, um pensamento obsessivo que só vai acalmar (ou não!) quando você colocar os pés na cidade natal do seu avô. E eu posso te garantir que este será um dos momentos mais emocionantes da sua viagem!

italia-03

Ponte Vecchio, Florença

Mas existe um segredo para que seu sonho não se transforme em pesadelo. É o planejamento! E aí você pode até dizer: “Va bene, Ana, toda viagem precisa de um bom planejamento”. E eu concordo com isso. Mas a Itália…ah, a Itália… Se você quiser conhecer aquela verdadeira – e não aquela Italy do turismo de massa – vai precisar de um SUPER planejamento.

Isso porque a Itália é um país complicado …

As diferenças culturais, gastronômicas, arquitetônicas, climáticas, naturais e linguísticas são percebidas a cada mudança de cidade ou região. E sabe por quê? Porque a Itália existe como país há apenas 156 anos!

Antes de ser unificada a Itália era dividida em Repúblicas, Reinos, Ducados, cidades independentes, etc. Tinha de tudo…menos um país. Aliás, há 156 anos a Itália não possuía sequer uma língua oficial!

italia-04

Castel Sant’Angelo, Roma

É claro que esses fatores acabaram influenciando também a personalidade dos locais. Por isso dizem que os milaneses são frios e organizados e os napolitanos barulhentos e caóticos. São estereótipos que não deixam de carregar um fundinho de verdade.

E para conhecer todas essas nuances culturais, seu patrimônio artístico e suas belezas naturais, o ideal é que você visite a Itália mais do que uma vez… Isso não será sacrifício nenhum, né?

Mas, vamos considerar que você irá uma vez só na vida para a Itália. Neste caso, um bom roteiro será aquele que te possibilite vivenciar um pouco de cada maravilha que o país tem a oferecer, evitando cidades semelhantes e experiências parecidas.

Trabalhando com promoção do turismo e Roteiros Personalizados para a Itália há mais de 10 anos, me sinto à vontade para dar pitacos no seu planejamento, a fim de enriquecê-lo. E então? Vai por mim?

italia-00

Lago di Garda visto a partir das grutas de Catullo

Dicas da Ana

ITINERÁRIO

Além das cidades clássicas Roma, Veneza, Milão e Florença, inclua no seu itinerário:

  • uma cidade ou burgo medieval: como Lucca, Assis, Ferrara, San Gimignano, Siena ou Perugia
  • uma zona vinícola importante: como Chianti, Montalcino, Barolo ou Franciacorta
  • um lago: como o Lago di Garda, Lago di Como ou Lago Trasimeno
  • uma localidade de mar: como 5 Terre, Costa Amalfitana ou Sicilia
  • uma área arqueológica importante: como Pompéia ou Óstia Antiga
  • e, é claro, a cidade natal do seu avô!
italia-01

Burano, um dos 10 lugares mais coloridos do mundo – Laguna veneziana

ORGANIZAÇÃO

  • escolha e reserve os hotéis com muita antecedência
  • evite trocar de hotel todo dia, ao invés disso, planeje bate e voltas para cidades próximas e evite a interminável sucessão de check in e check out
  • leve uma lista com uma seleção de restaurantes. Dessa forma você evita comer (mal) em qualquer tratoria-armadilha-para turistas na hora que a fome apertar
  • pesquise sobre os horários de funcionamento das atrações que quer visitar e compre os ingressos antecipadamente para evitar filas
  • compre bilhetes de trem cujos trechos você tem certeza que fará
  • reserve o carro se for visitar locais com difícil acesso de transporte público (como interior da Toscana, por exemplo)
  • não se esqueça que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na Itália

Lembre-se…preparar a viagem é quase ela inteira! Curta esse momento! Para mais dicas, visite meu blog sobre a Itália, que está recheado de dicas exclusivas!

Sobre o autor

Antonio JR

Sou um amante da natureza e de esportes outdoor. Corredor de montanha, sou um aficionado por trilhas e terrenos acidentados. Tenho um carinho por tudo que envolve arte e a música é outra atividade que me libera endorfina. Um apaixonado pelo mundo, acredito no poder transformador de cada viagem e com elas adquiro vivência e experiência para minha vida.

6 Comentários

  • Uauuuuuu, super dicas! Adorei! Mas acho que vou precisar de mais de um mês na Itália! E tem que ser com a Ana que sabe tudoooooooooooo desse país maravilhoso !

    beijos

  • Oi, Ana, também acho uma pena que as pessoas pensem em Itália como uma só viagem. Se não podemos voltar várias vezes, é bom ficar ao menos um mês para apreciar essas muitas Itálias! Só senti falta na sua sugestão de uma Itália não com cara de Itália: os Alpes. Estou indo para as Dolomitas e ando apaixonada por aquelas paisagens.

Deixe um comentário

--